???

sexta-feira, fevereiro 23, 2007

Maria vs Felina / ATUAAMIGA vs OMEUPONTOG

POST ACTUALIZADO


Este post vem a propósito da minha aparição no programa Prova Oral do Fernando Alvim, no dia 26 de Janeiro, onde inicialmente estava previsto estarmos lá as duas: EU e a MARIA PORTO. Ela não pôde participar, mas eu achei pertinente falar dela agora. Já vão perceber porquê!

Só somos comparáveis porque somos ambas muito especiais.
Leio o blog da Maria há imenso tempo e sempre saí a rir, de cada vez que a lia. Ambas escrevemos sobre sexo. Ambas relatamos o que vivemos. Ambas transpiramos tesão. Somos as duas morenas, de cabelo comprido, MULHERES DO NORTE, CARAGO!!!, e ambas temos um livro publicado, sobre experiências sexuais!
Ela escreve sobre o que viveu com os clientes (foi prostituta de luxo e não se arrepende – o que acho muito bem, basta de hipocrisias – ela é das minhas!) e eu escrevo o que vivo com o meu marido (que me dá tesão todos os dias e eu assumo que o comeria a todas as horas, se a vida no-lo permitisse!). Ela é mais provocadora na linguagem que utiliza, o que torna os relatos cheios de humor. Eu sou mais acutilante a provocar emoções nas pessoas.
MARIA, amiga da FELINA, uma MULHER de 19 anos que já viveu tanto, tanto. Tenho orgulho nela. Prostituta, mas com dignidade!
É engraçada esta dualidade.
Gostava muito que quem comprasse o meu livro, comprasse o dela também ( e vice versa) e tivesse, assim, a oportunidade de ver as duas faces de uma mesma moeda. O sexo em Portugal: o sexo que alguns homens casados têm em casa e o sexo pago que outros homens casados procuram fora. Acho que muitas mulheres deviam reflectir e ver que é possível salvaguardar um casamento, se lhes dermos TUDO o que eles querem. Acredito mesmo nisto! (Isto apenas na perspectiva feminina, porque o homem deve empenhar-se TANTO como a mulher!!!)
A Maria já não é prostituta, mas, com o livro que agora publica, eterniza as suas vivências, tal como eu eternizei aquelas que vivi durante cerca de um ano, até Outubro do ano passado. Muito mais vivenciei desde então, mas pouco está aqui no blog. Está na gaveta, como se costuma dizer! Muito sexo engavetado.
Admiro a Maria, mais ainda por ter tido a coragem de mostrar o rosto, de se assumir inteiramente, coisa que eu não fui capaz de fazer. Eu fui à TV de máscara e atrás dela me escondi até para dar entrevistas e autógrafos. Pelo que tenho visto, não teria perdido nada, se tivesse mostrado o rosto, nada fiz que me envergonhe.
Oxalá esta exposição só traga benefícios à Maria!

Agora, pelo amor de Deus, não comprem o livro da Bruna Surfistinha, tão publicitada ultimamente. Isso é sexo brasileiro. Importado. Não tenho absolutamente nada contra, mas socialmente falando, se querem acesso à realidade, comprem o livro da Maria e comprem o meu livro. E terão a noção verdadeira do que é o sexo, em casa e fora dela!

Deixo aqui um beijo público à Maria (ou Andreia, tanto faz, para mim) a minha Amiga.





Pensando bem...


Somos tão DIFERENTES assim?






Comentário de uma leitora:


Anonymous said... (Cláudia Miranda)
A grande diferença entre ambas é que se nota a realidade das palavras dela em cada letra que lemos, enquanto no teu caso se nota uma tentativa de conciliar os papéis de meretriz e excelente mãe de família. entre tesuda e apaixonada.
Os pormenores que por vezes insistes em detalhar deixam a adivinhar uma imaginação fértil de alguém que não resiste a um bom cliché "hollyodesco" de uma comedia romântica de domingo à tarde (as descrições de boa mãe de família que de repente se torna numa puta de trazer por casa e que, curiosamente, os filhos nunca interrompem - eu tb lido com crianças todos os dias, sei o q a casa gasta - são demasiado surrealistas!!!!)A Maria relatou, com mais ou menos verdade, a sua vida e quando quis lucrar com isso, encheu o peito e encarou o touro pelos cornos, ou seja, deu a cara.Também ela tem uma filha, uma família e isso não a impediu de assumir quem era e o que fazia.já tu insistes na compra do teu livro (o que te gera lucros significativos!) mas escusas-te a dar a cara.Assim é muito fácil...assim todos os fariam, se se dessem ao trabalho de pôr a imaginação a funcionar diariamente.Pensa nisso!...CCM

Normalmente os comentários ofensivos não me abalam tanto como este o fez. Podia simplesmente apagá-lo e o assunto estaria resolvido, mas sinto que me devo pronunciar. O Felino já respondeu, mas eu tenho que mostrar o que penso e sinto, também.
Indo por partes, em primeiro lugar, OS MEUS RELATOS SÃO A TRANSCRIÇÃO DAS MINHAS VIVÊNCIAS REAIS, por mais que possa doer a quem não vive o que eu vivo. Se eu tenho a sorte de experimentar o que normalmente só existe nos filmes, então sou afortunada. É só que tenho a dizer. Sim, sou tesuda e apaixonada! (Até o poderia comprovar se me conhecesse pessoalmente, mas não lhe darei esse gostinho!) A Maria é mais realista do que eu, porquê? Por usar mais calão? (Ora Foda-se! - pois, eu também sou capaz de o usar, mas não tenho por norma fazê-lo!) Eu gosto de utilizar uma linguagem mais cuidada, porque a minha formação mo impõe e eu gosto de escrever. Assunto encerrado! E ninguém é obrigado a ler-me, bolas!
Seguidamente, sim, sou uma mãe de família que se transforma numa meretriz quando está a sós com o marido. E os nossos filhos nunca nos interrompem, sabe porquê? Porque às 21h30 no máximo, as crianças, gémeos de 5 anos (já viu a proeza!), já estão a dormir profundamente. Como o conseguimos? Ah, minha amiga: com disciplina, regras definidas e muito amor! Eles respeitam e, acima de tudo, são crianças e porque as crianças precisam de dormir muito, cabe aos pais educá-los, desde pequeninos, para que eles tenham uma rotina saudável! Raras excepções existem, se estão doentes ou com insónias, mas acha mesmo que eu falaria disso aqui? Este blog é sobre sexo, ainda não reparou? Se eu falasse sobre isso, transformaria este espaço num blog infantil e não é isso que eu quero, percebeu? Assunto encerrado, também! Já deu para ver que aqui não há nada de surrealista!!!
Quanto à Maria ter dado a cara e eu não, há uma diferença brutal que não está a ter em conta. Eu sou uma mulher de 30 anos com um núcleo familiar estável, uma actividade profissional dependente e um vasto círculo de amigos que poderiam ser afectados pela revelação da minha identidade. Como se comportaria a minha entidade patronal perante esta exposição? Como seria eu conotada? Ao contrário da Maria, eu tenho muito a perder e ela só tem a ganhar, pois tem apenas 19 anos, a filha vive com os avós e não tem um emprego no qual tenha que ser discreta, responsável e profissional (até tem, mas de uma forma distinta!).
Se eu quisesse lucrar com o livro, acredite que teria feito como ela. Apagava a maioria dos textos do blog para obrigar as pessoas a comprar o livro, se quisessem ler. Eu mantenho os meus posts todos, se bem reparou, embora o livro tenha muitos textos que nunca estiveram no blog. E mais, se quisesse vender muito, fazia muito mais publicidade pois, afinal de contas, eu não ganho quase nada com a venda dos livros. Até hoje, por incrível que pareça, ainda não ganhei um tostão. As coisas não são como imagina, acredite! Pense nisso!

Finalmente, reitero a minha admiração pela Maria, dizendo novamente que aconselho a leitura do seu livro, tal como o meu, porque ambas somos genuínas (de maneiras diferentes) e vale a pena conhecer-nos (vê, já estou a fazer publicidade!!!). Por isso, vá lá…. Corram para as livrarias!!! :-)

64 comentários:

Anónimo disse...

qual o blog dessa tua amiga?

ds1 disse...

Bem, deixa-me dizer-te Felina que fiquei completamente apaixonado pela tua voz! Além de ser extremamente atraente, és super super simpática a forma super educada e super sedutora o facto de mandares beijinhos! Se puderes e quiseres escreve-me para ds1t3@hotmail.com. Este mail também é o do msn. Espectacular mulher sempre serás! :)*******

katarina disse...

Olá Felina!

Também costumo ir ao blog da Maria,tive a oportunidade de conhecer no mesmo dia em que foste ao programa da Prova Oral.

A Maria, teve coragem de mostrar a sua identidade perante todos, em entrevistas na Tv como em jornais e revistas,admiro este acto de coragem da parte dela.

Em relação a ti Felina, por nao mostrares o teu rosto, eu entendo o teu receio, mas vendo bem nao fazes nada de mal,pelo contrario é tudo bom que aqui escreves,nao tem imagem nenhuma negativa apenas positiva e nisso tens reparado em N pessoas que aqui comentam e que elogiam e admiram te como és.

Talvez mais tarde,quem sabe?

Mas assim, fica sempre aquele misterio para os leitores e fica na imaginação de cada um isso também traz muito interesse. Mostrar fotos e nao mostrares ja sabemos que es bonita por fora como por dentro,e isso ja é uma mais valia.

Agora, sobre a Bruna Surfistinha,que coencidencia ainda hoje estive com esse livro na mão,dei uma espreitade-la,entendi mais ou menos do que se tratava mas para mim nao obteve qualquer interesse,isto porque ja li o da Maria e não tem comparação. Normalmente gosto de escrita dura e crua,tal como de vocÊs,nada a esconder,sem preconceitos e tabus.

Beijos da Kat*

maria disse...

Obrigado Felina, gostei muito do post...claro!
Bjo

Sleeping_Angel.69@Hotmail.com disse...

bem sem duvida fiquei apaixonado pelo que escreveste aqui ..já viveu tanto, tanto. Tenho orgulho nela. Prostituta, mas com dignidade.. bem não a que ter vergonha do que somos do que fazemos ou deixamos de fazer a sim que assumir vivemos mundo rodeado de preconceitos estúpidos nos cidadãos deste mundo temos e que assumir aquilo que somos aquilo que fazemos e não dar bola a ignorância do povo digamos assim quanto escondermos atrás de uma mascara somos livres de o fazer mas muitas das vezes o fazemos para fugir a cobardia e a ignorância das pessoas bem tenho a dizer que gosto muito de ler o vosso blog tem feito um grande trabalho digamos assim abraços a vocês que não os conheço mas não tenho duvida que por tras deste blog estão umas grandes pessoas

Anónimo disse...

Olá Felina!
Porque razão temos que ser nós mulheres a dar-lhe tudo o que eles precisam? E o oposto não será também necessário?
Não esperava que tb tu achasses que só as mulheres é que têm de se esforçar para manter um casamento.

Pr0NgS disse...

Ja fui ver o blog da Maria... e sinceramente deteste. Nao sabe escrever... linguagem de baixo nivel e discurso muito muito pobre! Ate eu com 17 anos escrevo melhor nos meus testes de portugues! Continua Felina! Os teus textos sim, sao muito bem escritos!

Bernardo Moura disse...

Visitei e gostei!

Anónimo disse...

Cara Anónima,

Antes de mais, parto do principio de que se trata de uma Senhora que escreveu o comentário. Se não fôr o caso, as minhas desculpas.

Em relação ao que escreveu e se bem interpretei o seu Pensamento, é óbvio que, num Casal, tanto o Homem como a Mulher têm o dever de fazer tudo o que estiver ao seu alcance para se satisfazer, não só sexualmente, como também em qualquer outro aspecto das suas vidas. Um casamento, um namoro, uma simples amizade tem como filosofia principal isso mesmo: ver o(a) outro(a) feliz!

Também é óbvio que a Felina acha que se eu não me empenhar nas minhas "obrigações domésticas" de Pai, Amante, Amigo e Companheiro então tudo o que construímos diáriamente não faria sentido, porque tudo seria sempre realizado a um...

Agora, o que a Felina queria dizer no seu post é que, sexualmente falando, se a Mulher se conseguir desinibir completamente na cama, então o Homem irá-se sentir com uma motivação acrescida para a tentar satisfazer ainda mais. A nível puramente Sexual.

LYNX

Vânia disse...

Olá Felina e obrigada pela visita!

Não conhecia este espaço ou o livro. Ainda sou uma "estreante" nestas andanças. Mas quer-me parecer que o meu próximo passo é devorar o vosso blog e comprar o "O meu ponto G".

Sou fã da Maria há muito pouco tempo mas parece que vou ser vossa num instantinho.

Obrigada pela ousadia e pelo comment no meu cantinho. É sempre uma forma agradável de divulgar o vosso espaço.

Prometo voltar!

Anónimo disse...

Olá Felina

Quero dizer-te simplesmente obrigada por tudo...

Adoro-te

BEIJOS COM FOGO
DRAGONA

Anónimo disse...

A grande diferença entre ambas é que se nota a realidade das palavras dela em cada letra que lemos, enquanto no teu caso se nota uma tentativa de conciliar os papeis de meretriz e excelente mãe de familia. entre tesuda e apaixonada.
os pormenores que por vezes insistes em detalhar deixam a advinhar uma imaginação fértil de alguém que não resiste a um bom cliche "hollyodesco" de uma comedia romantica de domingo à tarde (as descrições de boa mãe de familia que de repente se torna numa puta de trazer por casa e que, curiosamente, os filhos nunca interropem - eu tb lido com crianças todos os dias, sei o q a casa gasta- sao demasiado surrealistas!!!!)
A Maria relatou, com mais ou menos verdade, a sua vida e quando quis lucrar com isso, encheu o peito e encarou o touro pelos cornos, ou seja, deu a cara.
também ela tem uma filha, uma fanilia e isso não a impediu de assumir quem era e o que fazia.
já tu insistes na compra do teu livro (o que te gera lucros significativos!) mas escusas-te a dar a cara.
Assim é muito fácil...
assim todos os fariam, se se dessem ao trabalho de pôr a imaginação a funcionar diarimente.
Pensa nisso!...

CCM

Anónimo disse...

Caro(a) Anónimo(a),

Quem não assume a sua própria identidade, não possui moralidade de qualquer espécie para criticar a dos outros.

Quanto aos "cliche "hollyodesco" de uma comedia romantica de domingo à tarde", aos "lucros significativos" e aos "surrealismos", quem não sabe do que fala geralmente passa por burro! Se lida todos os dias com crianças e sabe o que "a casa gasta", então só posso concluir que não tem jeito nenhum para lidar com elas...

Pense antes de falar... Pense nisso!


LYNX

Anónimo disse...

caro LYNX,

sei muito bem quando falo de "lucros significativos", ou estarei eu equivocada quando falo em 10% sobre o preço de capa?!... Não me parece!
Relativamente às crianças, se eu não sei lidar com as crianças,então 80% da população mundial também não o saberá, uma vez que é natureza das crianças serem irrequietas, curiosas, andarem sempre atrás dos pais e não pararem mais de 10minutos sozinhas como os senhores querem fazer crer (a menos que sejam autistas, absortas da realidade ou traumatizadas pelo ambiente que as rodeiam!!!). Enganada? Penso que não!!!
Relativamente a todos os outros argumentos, mantenho todas as palavras e apenas quem não se sente capaz de disferir mais argumentos válidos passa para os insultos directos.
É engraçado como alguém escreve um blog e um livro, mas não aceita uma critica fundamentada com argumentos do ponto de vista pessoal. Resta-me dizer-lhe que ainda tem muito para aprender sobre a vida.
Quanto à identidade, se é assim tão importante não me faz qualquer mossa assinar, Cláudia Miranda ao seu dispor... pelo menos quando for capaz de responder seriamente a um comentário estruturado e fundamentado.

Anónimo disse...

P.S.
reparei que os comentários agora estão sujeitos a aprovação do moderador... curioso que isso aconteça logo depois do meu anterior comentário menos positivo.
Bem hajam...
Mais uma vez, Cláudia Miranda

Lynx Felanus disse...

Cara Cláudia,

A minha resposta vai começar pelo fim, ou seja, pelo seu P.S.. Este blog sempre teve a moderação de comentários activa. Durante o dia de ontem, por motivos de nos são alheios, desactivou-se.
Desta vez (e só desta) abrimos uma excepção, na moderação, para si.

Indo para o princípio, você está muito bem informada sobre os “royalties”… se calhar não estará tão bem informada sobre a tiragem…. Mas tem razão, são lucros significativos que nos irão fazer viver luxuosamente e sem motivos para preocupações em relação ao nosso futuro e ao dos nossos filhos… Ou não!...

Por falar em filhos e crianças, devo dizer que também mantenho o que lhe respondi, pois se não consegue atrair a atenção delas para algo que seja 100% do seu interesse, nem que seja por 10/15min, então não tem jeito nenhum…

Em relação às críticas, suas e de outros, nós, acordamos que neste blog só aceitaríamos os nossos Amigos. Afinal, só entra dentro de Nossa Casa quem nós queremos… A si, abrimos uma janelinha…

Ah! Só para terminar, é verdade que ainda tenho muito para aprender sobre a vida… A grande diferença é que eu não sou arrogante ao ponto de pensar que sei mais da vida do que outro(a)… Se não sabe do que fala…

LYNX

Anónimo disse...

Cara Anónima,

Deixa-me dizer-te que desceste muito, mas muito baixo no teu comentário, enfim deves ser uma pessoa frustrada que não tem quem te aqueça os pés em casa e então vens para cá ler os textos e que de certeza que te dão um tesão danado, mas como não queres dar o braço a torcer, pões-te com esses comentários tristes, pobres e de muito baixo nível. Não queres não leias, não critiques...
E quanto ás crianças eu não tenho filhos, mas certamente não são uns anjinhos, ou diabinhos que sejam, que vão atrapalhar a ter uma noite cheia de amor, sexo, e muito muito tesão... tenta querida pode ser que consigas... ou não...

DRAGONA...

Anónimo disse...

Há algum tempo que acompanho o blog, mas pela 1ªvez aqui vou deixar a minha opinião.estou em desacordo contigo felina quando dizes, que nós como mulheres temos de fazer por manter o casamento a nivel sexual, pois acho que eles tambem o tem de fazer!E quando nós mulheres o fazemos e eles homens não o aceitam?Digo-te muito sinceramente que gostaria de ter uma vida sexual mais preenchida, e tenho feito por isso, mas quando o nosso parceiro , não aceita esse tipo de iniciativas e as rejeita, o que fazemos nós como mulheres?Quando o nosso parceiro é preconceitoso, e não aceita algo diferente, o que fazemos?
Em relação ao comentario de claudia Miranda, acho q a felina têm toda a razão quando diz que as crianças se educam, pois tambem sou mãe e a minha filha tem regras muito definidas e as 21:30 está na cama mesmo que não queira dormir, lá fica.E nem por isso ela deixa de ser uma crinça traquina e como todas as outras, mas regras são regras e eles tem de saber quais as suas regras, e até onde podem ir, são principios para as suas vidas futuras, e a nós pais cabe dar esses principios, agora se há quem ache que as regras devem ser como as crianças lhes apetece ou convêem, aí cada pai e mãe que eduque como entender, agora não venha dizer aqui que todas as crianças são assim!um bem haja a todos.
maryg

Anónimo disse...

Venho aqui mais uma vez para dizer que apreciei este último comentário da dragona, pois só vêm aqui quem quer, e só lê quem quer e também me parece que o comentario dessa srº seja um comentario de alguém frustado e que não consegue estar de bem com a vida e inclusive com os que lhe são mais próximos,acho isso grave, pois se queremos estar de bem temos de fazer por isso, agora ao deixar andar a vida é dificil que algo aconteça, inclusivé a educação das crianças.
Maryg

Anónimo disse...

Bem AMIGA, melhor resposta seria impossivel, não entendo porque é que existe pessoas que continuam a não compreender e aceitar as opções de cada um. Eu respeito a tua de não dar a cara, fazes muito bem, pensas no teu núcleo familiar, sem dúvida são a coisa mais importante de nossas vidas. Respeito a tua posição e maneira de ser. E claro a da Maria támbem. E sim pertendo comprar o livro dela, estou a adorar ler o blog dela, nem consigo imaginar a vida dela, mas falando bom português. " Vocês são as duas, mulheres com M maiúsculo e com TOMATES.
Beijos doces ás duas,
Fofinha

caxana disse...

olá Felina, como já te disse vais passar a ter mais um aqui a chatear-te...heheheh

e depois de falar contigo entao.........

nao se esqueçam de visitar o

www.bibo-porto-carago.blogspot.com

beijos

Anónimo disse...

Gostei das reacções provocadas e de saber que a opinião pessoal de outrem quando é diferente suscita tantas reacções negativas... a isso chama-se saber viver em democracia!! Aceitar a opinião dos outros quando se aceita expor a sua vida pessoal!... ou não!
Por aqui termino esta série de intervenções que já serviram para o que eu queria: trazer realidade a este blog!!!

Relativamente ao facto de ser leitora, apenas o fui porque li algo sobre o espaço e sou de opinião para dar opinião é preciso saber do que se fala!
Conclusão,
Sejam Felizes, com mais ou menos imaginação.
CCM

Felina disse...

Cara Cláudia,

Eu tinha que lhe responder e sinceramente agradeço os seus comentários. Náo sou hipócrita: assim possibilitou-me esclarecer alguns aspectos fundamentais. Não nos leve a mal termos respondido, eu e o Felino, porque sou muito ciosa da minha integridade e, sinceramente, não gosto que as pessoas me julguem erradamente.
Um abraço para si!

Anónimo disse...

Olá Felina e Felino,

Estou em trabalho mas não resisti a vir cá ao blog como habitualmente faço.

Constatei k ainda anda por aí muita gente frustada (Claudia Miranda)e sem se sentir amada.

O que eu posso dizer é que adoro crianças e elas tb me adoram pk eu sou natural com elas e carinhoso.

Se calhar é o k te falta para as entenderes melhor, verias k elas ficariam bem mais felizes irrequietas ou não, e não será por causa delas k deixarás de ter relações intensas e cheias de amor.

A Felina e o Felino são meus amigos e como eles eu tb sei o k é o AMOR verdadeiro, tu só olhas para a parte sexual dos textos e não para a parte sentimental k é o + importante.

O Amor é lindo e a Felina sabe mt bem relatar esse sentimento tão puro e bom.

Quando criticares alguém fá-lo com estilo e sê construtiva, não te ensinaram isso na escola.

Ps: AMO-TE DRAGONA, ADORO-VOS FELINA E FELINO.

Beijos com fogo do DRAGÃO

Lynx Felanus disse...

Cara Claúdia,

E esta é a última intervenção que faço em relação a um comentário seu.

O único local onde não existe Democracia é em Nossa Casa. Lá só entra quem nós gostámos e quem nos respeita.

Neste Blog não há espaço para Democracias.

Não somos políticos, somos 2 casais que Amam os seus respectivos companheiros(as) e que partilham as suas vivências com outros que se identificam connosco e gostam de nós.

Não precisamos que alguém traga realidade à nossa Vida, Nós somos a Realidade das nossas Vidas!

Se calhar você deveria melhorar um pouco a sua realidade...



LYNX

Anónimo disse...

concordo com a leitora CCM, ou Claudia Miranda, há uma diferença entre intimidade e exibicionismo. E, quando queremos preservar a primeira, não devemos enveredar pela segunda.
Em nenhuma das frases, violentas é certo, mas sinceras, eu pude vislumbrar que a referida leitora seja frustada sexualmente, ou mal amada. Vi sim, uma pessoa céptica que mais não fez do que expressar a sua opinião (assumindo-a e assumindo-se publicamente), enquanto todos os que a criticaram continuam escondidos sob um manto de clandestinidade: o anonimato!
Como disse o autor do blog, apenas quem dá a cara tem legitimidade para criticar, ela fê-lo, eu também.
Ao contrário dela considero-me um leitor e frequentador assiduo do blog, porque gosto da forma de escrever dos autores, mas tal como ela também mantenho o meu grau de cepticismo e também acredito que paira muita imaginação sobre eles.
Não sei se vou ser alvo de ataques consternados como ela o foi (o certo é que teve um post exclusivamente a ela dedicado, o que demonstra a sua capacidade de suscitar reacções bem como a força da sua personalidade nos textos seguintes!), mas também aqui deixo a minha opinião!

Rogério Passos

Leoa disse...

Caramba! O que para aqui vai!!!
Aceitei o convite da Felina, de colaborar com textos para o blog, porque me é fácil relatar o que se passa entre mim e o Leão. Também tenho uma criança em casa, que volta e meia nos interrompe. Mas não me parece que quem lê este blog procure histórias de quecas interrompidas por filhos!
Acreditem ou não: É POSSIVEL TER UMA BELISSIMA VIDA SEXUAL E CONJUGAL DEPOIS DE TER FILHOS!!!
Custa-me a acreditar que tanta gente depois de ter filhos perca a sua vida sexual!
Só me ocorre um pensamento: Coitadinhos de todos esses!
O que a Felina e eu temos é a capacidade de colocar em palavras os nosso sentimentos e emoções! Se as pessoas que criticam os textos deste blog não sentem o sexo e o amor como nós, AZAR! E se não acreditam nas palavras que aqui se escrevem, não leiam!
E se mesmo que não acreditem, gostam do que lêem, porquê este tipo de críticas???
Felina: Nós adoramos-te! Sabes bem disso... E que este tipo de críticas sirvam para te tornar mais forte!

apulgasexy disse...

Bem isto esta interessante a algum tempo não visitava o teu blog.
Felina li um comentario da maryg,sobre os homens bem quero te dizer que:"que nós como mulheres temos de fazer por manter o casamento a nivel sexual, pois acho que eles tambem o tem de fazer!E quando nós mulheres o fazemos e eles homens não o aceitam?Digo-te muito sinceramente que gostaria de ter uma vida sexual mais preenchida, e tenho feito por isso, mas quando o nosso parceiro , não aceita esse tipo de iniciativas e as rejeita, o que fazemos nós como mulheres?Quando o nosso parceiro é preconceitoso, e não aceita algo diferente, o que fazemos?"
Entao deves falar do teu problema porque como homem ja baixei muitas vezes a "voz".E não sou nenhum preconceituoso.
Sobre miudos pois tenho dois e grandinhos, e não e por essa razao que deixo de fazer sexo/amor em qualquer sitio da casa, depois normalmente um quarto tem porta não é??

Anónimo disse...

Eu acho que cada um é livre de expressar, escrever, sentir o que quiser, por isso vivemos numa sociedade dita civilizada e democrata.Agora também acho que cada um é livre de aceitar ou não aquilo (que neste caso) os outros escrevem, seja no blog, seja nos comentários.Acho que as pessoas que frequentam este blog, se o fazem é porque querem e se comentam algo é porque o blog despertou algo nelas,que as fez dar a sua opinão.Seja bom ou mau!Agora a realidade das nossas vidas cada um é que sabe dela, e tambem cada um é livre de a expôr como bem entender, seja ela real ou fantasiada.Se por aqui andam é porque querem e acho muito bem que a felina e seu companheiro vivam ou fantasiem a sua sexualidade como bem entenderem. E concerteza que há muito boa gente que gostaria era de viver ou de fantasiar aquilo que eles aqui escrevem.E a minha opinião em relação aos post dos leitores, é que cada um é como cada qual, e todos nos devemos respeitar uns aos outros.E se sente obrigação de escrever aqui seja o que fôr tambem tem de saber aceitar tudo aquilo que lhe possam postar a seguir!
Respeitem os bloggers e todos aqueles que se cruzem pelo vosso caminho,e viveram muito melhor e mais felizes!
Cristina Neves!

Anónimo disse...

Olá Felinos:

É de lamentar que ainda existam pessoas tão limitadas a todos os niveis e venham para aqui com falsos moralismos e por em questão tudo o k escrevem.Dou-vos os meus parabéns por todo o vosso trabalho.
Admiro-vos e temos que perceber que ainda existem pessoas frustadas que nem sequer aceitam os conselhos dos outros para viverem melhor....
Acredito no Amor,na fusão total de dois corpos e duas Almas.
Acho que a nossa sexualidade é para ser vivida no limite sem barreiras...o limite..não existe para mim....Acreditem que me identifico muito com vocês....e tenho aprendido muito também...porque ao contrário de outras pessoas estou aberta sempre a novos conhecimentos.Quero ser Melhor Esposa,Melhor Amante,Melhor Mae,Melhor Amiga,e só vivendo realizada sexualmente é que consigo a plenitude....Um beijão

Lynx Felanus disse...

Caro Rogério,

Sinceramente, respeito muito a sua opinião.

Ser céptico não é defeito nem vejo nisso um insulto.
O anonimato esse, é subjectivo; para vocês é anonimato na sua forma de manto clandestino, para nós, os nossos Amigos mais próximos e alguns Famíliares é um mal necessário que é compreendido.

Não respeito é quem opina de forma a julgar o outros como se fosse o dono da razão. Pode pensar que sabe ou que é... Mas daí até saber ou o ser!...
Acho que está mal fazermos juízos de valor. Não o faço a ninguém e por isso mesmo é que não consigo admitir que outros o façam em relação a mim e aos meus.

Sobre este assunto a Felina já escreveu tudo o que tinha a escrever.
Deu direito a um post exclusivo, não pela importância que transparecemos dar à comentadora, mas sim pela necessidade de "marcar território". Os comentários da Sra D. CCM foram só o mote.

Abraço Cordial,
LYNX

Anónimo disse...

Mais uma vez venho comentar. Em primeiro lugar venho agradecer á Maryg pelo agrado dela ao meu comentário. Em segundo venho dizer que cada pessoa é livre de pensar e ter a opinião que quiser daí vivermos num país democrático, agora daí a ofender pessoas, como este caso da Claudia Miranda a ofender e bem para quem quiser ler a Felina e isso não é correcto de muito baixo nivel, sei que venho repetir o que anteriormente já tinha dito, mas isto a mim revolta-me e como amiga da Felina acho que devia dar a minha opinião.
Espero que cenas como esta não voltem a acontecer.

A ti a Felino, quero dizer que estiveste bem..

BEIJOS COM FOGO DA DRAGONA

Paulo disse...

Ora boa tarde.
Ainda não comprei o livro nem vi (ou ouvi) nenhuma das entrevistas dadas. Mas gosto do espaço. Gosto de durante a tarde tirar uns minutos ao trabalho para vir cá dar um espreitada e animar um pouco o dia. Gosto da forma de escrever e gosto do que contem e para mim basta. Não me parece importante se é ficção ou realidade o que aqui está escrito. Só tenho de agradecer. Se for realidade, parabens pela beleza da vossa relação. É um exemplo para qq casal. Se for ficção parabens pela imaginação!
Gosto de vir cá e ponto final. Confesso que o leio me contagia e por vezes me dá algumas ideias que tomo nota para mais tarde experimentar. Vá lá não acusem de plágio. Não é plagio, apenas retiro guide lines, o resto a minha imaginação e a da minha companheira fazem o resto.
Beijos e felicidades!

Paulo

Ana Correia disse...

Felina estives te muito bem... Gente triste que só têm invenja da felicidade dos outros... Tristeza...Felina tu és a maior!! Muito boa pessoa... e sabe como ser feliz com a sua familia e vida sexual... k é fantastica!! Os outros ou outras... invejosas... Que morram LONGE!! k é para noa xeirar mal porra! Beijinhos felina e já agora para o felino tambem! =) ** AC

Anónimo disse...

Ola Felina

É a primeira vez k faço qq comentario aki no blog, mas tinha k o fazer. Conheci o teu blog e livro atraves do meu maridão de 11 anos. Nos de temos uma relaçao mto aberta e cada vez melhor. Temos uma sex shop onde temos a venda o teu livro k posso dizer aconçelho a comprar akeles casais que precisam de uma "ajudinha", pois considero uma leitua erotica e que deve de ser feita a dois.

Quanto ao comentario menos feliz da Claudia, eu tb tenho filhos e quando dizemos k e para ir para a cama e para la que eles vao. As crianças BEM educadas e assim k fazem.

O teu anonimato traz um misterio mto sedutor e acho k deve de o manter.

De resto acho k ninguem tem o direito de te criticar pois tu fazes de livre vontade e nos leitores e k ganhamos com isso.

Bjs grandes
Unika

Anónimo disse...

engraçado, já vi que aqui a democracia não funciona mesmo, uma vez que há pouco escrevi um comment sobre a liberdade de expressão mas foi vetado!
Mas sei que quem devia o leu. Pena a selecção dos comentários ser apenas favorável a um lado.
Atentamente...

Thomas disse...

Embora admire bastante a Maria, não estou de acordo com tudo o que foi dito pela sra. que deixou aquele comentário.
PontoG 4 ever :P:P:P

beijo.
VonTrapp

® Jasmin disse...

Bem.. nem vou comentar o que para aqui vai.
Quem me conhece, sabe a minha opinião!
Só queria deixar um beijinho para vocês os 4, mas um especial abraço à Felina!

Nes disse...

É engraçado.. costumo dizer exactamente o mesmo, mas nao lhes chamo "cachorros", chamo-lhes "Tico" e "Teco" ... e sim, eles estão sempre em conflito (nao fazem eles outra coisa).

Tb curto ler o blog da Maria :) eheh

Beijo*

Titania disse...

Desde já quero dar-vos os parabens quer a ti Felina quer á Leoa, porque definitivamente vocês são duas mulheres com um M gigantesco!Não por dizerem o que fazem mas por o fazerem sem sinismos, sem meias palavras, sem politicamente correctos pelo caminho.Tomei conhecimento do blog no Herman e desde a primeira vez que cá vim fiquei apaixonada.Sou nova tenho 22 anos, e o que sobra em vitalidade na minha relação faltava por vezes em maturidade, aquela maturidade que vem normalmente com o tempo e a confiança. Honestamente o blog ajudou a quebrar alguns tabus que haviam. Desde já obrigado pela ajuda ainda que não tenha sido intencional. Quando aquele absolutamente amargo post, é obvio que doi.Bolas até a mim me doeu!!No entanto não acho que seja significativo, tão pouco representativo das mulheres e da nossa realidade. Honestamente acho que a vida não é facil ser mulher, mãe, amante, dona de casa, no entanto é possivel as coisas correrem bem e ser feliz. Lá porque se tem a infelicidade de ter uma vida infeliz e amargurada não devemos culpar os outros por isso e muito menos faze-los sentir mal por serem felizes! Aquele coment deu-me pena da pessoa que o fez... Nunca te sintas estremecer por comentarios daqueles. Nunca te sintas mal seres feliz!
Um grande beijo de uma leitora apaixonada.

não tenho conta do blogger/google disse...

Quero só pegar num único ponto do post e fazer algumas questões, que espero que me respondam cordialmente, da mesma maneira que as faço.
"Agora, pelo amor de Deus, não comprem o livro da Bruna Surfistinha, tão publicitada ultimamente. Isso é sexo brasileiro. Importado. Não tenho absolutamente nada contra, mas socialmente falando, se querem acesso à realidade, comprem o livro da Maria e comprem o meu livro. E terão a noção verdadeira do que é o sexo, em casa e fora dela!"
O livro da Bruna Surfistinha não dá noção verdadeira do que é o sexo fora de casa?
Qual é a diferença de ser sexo brasileiro, importado?
Porque não aconselham a compra do livro?
Não acredito que seja simplesmente para que se venda mais livros vossos (Felina e Maria), por isso, gostava de saber os motivos e se já leram o livro para o desaconselharem.
Eu já li uma "cópia pirata" do livro da Bruna, mas que não estava completa e não me parece que o livro se resuma só ao sexo, mas vai mais longe que isso. Mostra uma experiência de vida tão válida como a vossa ou como a da Maria. E de uma forma competentemente escrita, apesar de não ter o mesmo tipo de vocabulário da maria e de ter sido co-escrito por um jornalista (o que interpreto como a preocupação de ter um livro minimamente bem escrito e legivel).
Por acaso, soube de fonte segura e inquestionável que tem sido o mais vendido no Continente desde o lançamento e tenho vontade de o comprar (e já agora, devo dizer que não tenho intenção de comprar o vosso ou o da Maria. Espero que não me levem a mal por isso!).
E gostava ainda de comentar um outro assunto: tal como vocês não deram a cara, literalmente (uso de máscara para dar autógrafos) e assinam com nicknames, as pessoas que aqui vêem também têm direito ao anonimato pelas mais diversas razões, como vocês o têm. Eu, por exemplo não tenho conta blogger, outros.
Na net há essa espécie de regra ou etiqueta que é: se não gosta, não leia. E se os que não gostam insistem em insultar, mais do que dizer mal ou mostrar uma opinião diferente que é sempre saudável e é um direito inalienável dos leitores, há sempre a hipótese de moderar comentários, como o estão a fazer.
Na esperança de que o meu comentário seja publicado, correctamente lido, interpretado e respondido (se não for pedir mto),
S&M.

Felina disse...

Eu apenas referi o livro em questão,da brasileira Bruna Surfistinha, porque não é Português.
Sou portuguesa, adoro sê-lo e prezo muito tudo o que é nacional, desde a comida, à roupa, aos livros, aos filmes, por aí fora.
Não sou "quadrada", claro que consumo coisas estrangeiras, mas, podendo optar, escolho o que é português.
Só por isso fiz este reparo em relação à Bruna. Ela fala de realidade, sim, mas da realidade do Brasil!
E mais, há já alguns dois ou 3 anos que leio os seus escritos no blog dela e noutras páginas pela blogosfera fora e não me parecem melhores que os da Maria. Isto para falarmos em relatos de alguém com a profissão delas. O meu género de escrita é que é diferente, tal como a minha vida real, mas também só consome quem quer.
Obrigada pela sua opinião, eu não quero tornar este blog num espaço para ver quem tem mais poder de argumentação, por favor não desvirtuem o meu cantinho!

Um abraço para si e para todos os que me lêem e gostam!

BEIJINHOS DA FELINA!!!

Heidi disse...

Parabéns Felina!!!!
Cada vez te admiro mais e me identifico ctg!!!!
Bjs de Prazer

Anónimo disse...

Olá Felina:
É a 1ª vez k post aki, apesar de ser frequentadora assídua do teu blog (claro k já li o teu livro).
O k eu quero dizer é k respondeste muito bem e à letra a essa senhora (CCM)!!! Só vem aqui quem quer e quem diz que depois de ter filhos deixa-se de ter vida sexual, tá muito enganada...É preciso ter regras com eles, para termos os nossos momentos...Tou casada há 20 anos e estou muito bem sexualmente...
Bjs para ti Felina e continua a ser a mesma!!!Já te mandei um mail em tempos para o teu endereço a dizer o k penso...
Beijos da icf64

Anónimo disse...

Ora, vamos analisar a questão por pontos:

ponto1: sou jornalista de um jornal de tiragem nacional;

Ponto2: não me vou identificar, pelo menos para já, porque estou a fazer trabalho de pesquisa e não quero, também para já, envolver o meu editor no assunto;

Ponto3: soube desta "afável" conversa através de uma amiga, também ela jornalista, normalmente atenta ao que se passa nestes espaços, e que por acaso até enviou um determinado comment (devidamente guardado após o envio, como têm por hábito fazer todos os colegas de profissão) em que falava sobre a legalidade e o conceito de liberdade de expressão na internet, bem como o direito da leitora em causa (CCM) em fazer-se ouvir "em vossa casa";

Ponto4: qual não é o seu espanto quando não vê o seu comment aqui reproduzido;

Ponto5: em conversa, comentou-o comigo;

Ponto6: o lançamento de um livro pode nem sempre ser motivo de destaque num jornal ou numa revista;

Ponto7: o que já merece todo o destaque possivel é o facto de os autores de um livro já publicado no mercado vetarem a liberdade de expressão a outrém que não é pago para o efeito (mas por favor digam-me que sabem que os críticos que lêem no jornal onde eu trabalho e em tantos outros são pagos para criticarem e fazem-no de forma nua e crua até com prémios nobel, certo?) ou insurgirem contra o facto de alguém não partilhar da mesma opinião que eles. Isto sim é notícia.

Isto sim merece publicação
Apenas me resta a autorização do editor para o fazer.

Porque no meu trabalho a liberdade de expressão ainda é um direito inalienável e constitucionalmente previsto.

Anónimo disse...

viver apenas com aqueles que nos passam a mão pela cabeça é muito fácil! Encarar a realidade é que é mais dificil!
O que os autores do blog parecem transparecer é que sofrem do síndrome de Peter Pan ("ou brincas ao que eu quero ou então não te deixo ser meu amigo!!!")

Além disso, se vocês não tivessem a certeza de que há muitas outras pesoas que pensam como a autora do comentário, não se esconderiam atrás de uma veste de anonimato de tudo o que é real (e, consequentemente, mau!).
É ainda mais engraçado quando eu reparo que o único argumento que todos utilizaram para refutar a opinião da dita Senhora não foi mais que a acusar de ser infeliz, mal amada ou frustada sexualmente. Coisa que eu não consegui constatar em nenhum dos textos da mesma. Apenas me pareceu uma pessoa sensata, conhecedora da realidade do dia a dia real de um casal real. Em que existem problemas diários que não acabam, invariavelmente, resolvidos na cama a fazer as maiores loucuras.
Ser liberal não implica ser alheado da realidade.Pouco esclarecido.
Eu não me considero frustado sexual, nem mal amado, pelo contrário, sou casado há 17 anos e muito feliz por isso, e amigo de muitos outros casais com mais e menos tempo de relação. Todos tivemos contacto com o vosso blog e todos (mesmo todos!) concordamos que é um pouco irreal e, de facto, há alturas em que parece que estou a ver uma cena de um filme romântico. Não sei se as ideias são de lá tiradas ou caem na tentação de apenas escrever aquilo que viram e lhes parece ser giro descrever.
Enfim, a idade, o tempo de relação e a maturidade da vida vão acabar por lhes mostrar que aquela senhora tinha razão (apenas não na forma como o disse) em muitas das ideias que transmitiu.

P.S. Espero que não fiquem ofendidos com os meus comentários, pois não é essa a intenção, e que os mesmos sejam aprovados e, com isso, também eles publicados.

NAP

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Sou homem e adoro sexo. Poderia dizer que sou uma felina mas, enquanto homem que adora a sua mulher e com ela tem amor e tesão muito e bastas vezes. Também ela é maravilhosa, mãe e dona de casa. E, meretriz também e tudo o que possam imaginar e desejar, comigo, homem e companheiro. Não têm? não me regozijo. Serei então tal como a Felina, afortunado. Agradeço a Deus por isso e já lá vão 20 anos. Ainda que os post da Felina fossem só imaginação só lê quem quer. Mas, a vida não é isso também? O sonho comanda a vida, como diz o poeta. Não descurem a realidade mas, vivam também os Vosso sonhos e façam por eles acontecerem, ainda que só no sexo.
Beijos Felina, continua.
Homens com H
Fundador

Lynx Felanus disse...

Caros NAP e restantes visitantes,

Obrigado pelos vossos comentários.

Numa intervenção minha anterior, já justifiquei (embora não devesse) o porquê da minha agressividade para com a leitora CCM.
Não me vou voltar a repetir.

Bem como não vou voltar a repetir as palavras que a Felina já escreveu por uma série de vezes... As pessoas que nos visitam leêm e têm poder de interpretação. Assim penso eu.

Quanto ao tal síndrome de peter-pan, não me diga meu caro Amigo NAP, que você aceita, ou encaixa, de livre vontade tudo o que possam dizer em relação a si ou à sua Família?!... Daí a existência da moderação de comentários nos blogs... Que é legítima.

Deixo-lhes a pergunta: Onde é que começa a vossa liberdade e termina a nossa? Ou vice-versa?

Não sou nem nunca fui de dar a outra face. Portanto, é legítimo que quem escreve para este blog (A Felina e a Leoa) e quem as acompanha (eu e o Leão), tente manter uma certa ordem dentro de casa.
Já houve polémica a mais em relação a este assunto e já chega!
O ultimo post da Felina diz tudo!

Quem gosta come, quem não gosta vai comer a outro lado!

Simples, Directo, Cru e sem Mágoas!

E podem vir jornalistas, deputados, presidentes da junta, quem quiser, dizer o que quiserem!

Não vamos mudar a nossa filosofia de gestão deste sítio (embora espaço público da internet), criado pela Felina, de só aceitar quem nós queremos nos comentários aos posts.
Temos legitimidade para isso e é uma opção válida e aceite na configuração do blogger, bem como por uma boa percentagem das pessoas que nos visitam.

A partir deste momento a moderação de comentários será intransigente.

Ninguém nos pode censurar por isso! Chega de polémica!

E terminando como uma boa Amiga da blogosfera:
ACABOU, FODA-SE!
(Bjinho para ti Maria, a Nossa Amiga!)

Cumprimentos Cordiais para Todos (sem excepção),
LYNX

Anónimo disse...

Miau, isto está a aquecer, miaaaaaaaaaaaaaaau

Fidélio

Anónimo disse...

Também eu sou jornalista e, portanto, depois de ler a dissertação do colega, senti que poderia contribuir com a minha opinião.

Meus caros, devo confessar-lhes que não sou leitor assíduo deste blog, mas passo por cá de vez em quando, suscitou-me curiosidade a forma como o livro foi publicitado na TV e não resisti a visitar o vosso cantinho.

No seguimento da primeira incursão, continuei a fazer visitas esporádicas, embora sem o mesmo interesse pois, confesso - e sem querer colocar-me em bicos de pés, não levem a mal -, parece-me que a Felina tem escrita pouco cuidada, particularmente na pontuação e na organização dos textos, o que me desmotiva. Sinceramente.

Mas, voltando ao início, parece-me que têm toda a legitimidade para moderar os comentários e, como é óbvio, escolherem os que entendem que podem ser publicados.

Comentando o colega, partindo do princípio que é realmente jornalista, devo dizer-lhe que é um pouco utópico e afirmo, sem reservas, que no seu jornal, seja ele qual for, não há liberdade total de expressão. Ponto final.

Todos os jornais seguem critérios editoriais próprios e você, se pretender fazer uma reportagem, terá de propô-la ao seu editor. Se o tema interessar, avança, caso contrário nem para o congelador vai. É assim em todos os jornais. Sei do que estou a falar. E você, meu caro, também sabe.

Portanto, quando os jornais têm o dever de informar e fazem-no seleccionando, por vezes com recurso a critérios duvidosos, por que razão não há-de uma pessoa que criou um blog na Internet fazê-lo?

Presunção e tentativa de condicionar a liberdade dos outros é considerar errada a gestão que qualquer cidadão faz do seu espaço na rede. Parece-me.

Grande abraço ao colega, cumprimentos a todos os frequentadores, e para os felinos criadores do blog... continuem, à vossa maneira.

FS

® Jasmin disse...

Por amor da santa.. isto já não foi longe demais?????

filipa disse...

Num post anterior não disse nada que não pudesse ser publicado e até dei força ao espaço e a ti... não entendo pq razão foi vetado... sinceramente estou desiludidada e vou deixar de vir cá tanta vez ou talvez deixe mm... gostava muito mas n percebi... tenho pena... felicidades felinos

Lynx Felanus disse...

Filipa,

Este tipo de situação pode acontecer...
Se realmente moderamos o seu comentário injustamente, as nossas mais sinceras desculpas!

Se assim o desejar, volte a colocar o seu comentário, fica prometida mais atenção!... :)

Cumprimentos Cordiais (mais um beijinho da Felina!),
LYNX

Anónimo disse...

Querida felina,

a inveja é uma coisa "verde" e pelos vistos anda por aí em demasia...escreves bem, escreves com o coração, escreves com a coragem de quem sabe e gosta do que faz.
E, sabes o que faz falta?
mais pessoas como tu e menos como as que vêm criticar. criticas são bem-vindas quando construtivas e fundamentadas...assim são ridiculamente invejosas.
calculo que sejas uma excelente Mãe, uma maravilhosa amante (o que deve ser confuso para muita mulher que aí anda, mais empenhada em "resmungar" que viver.

keep up the good work!
Força e inspiração é que Vos desejo!
beijos
Sofia

Soraya disse...

Olá Felina

Não sou tua leitora assídua, vim aqui quando foste á prova oral por curiosidade.Não li o teu blog todo porque estas intimidades de casal (bem) casado me deixam um pouco desconfortável (eu sei é estranho...)
Mas o que venho cá dizer é que não tens comparação com a Maria Porto nem com marias surfistas. O que o teu blog demonstra é um casal como já disse bem casado, apaixonado e cheios de tesão um pelo o outro e que não deixam morrer a chama nem pela rotina, nem pelos filhos, nem pelas carreiras, muito pelo contrário deixam o quarto 'pegar fogo' lol.
Acho isso muito bonito e de louvar, pois não são promiscuos apesar da pseudo-exposição, e transmitem uma mensagem de amor e dão muitos créditos ao casamento e á familia, por isso minha amiga, não te compares com as marias-prostitutas. Não que eu tenha alguma coisa contra elas, mas identifico-me mais com a tua vida.
Casei há um ano tou a acabar o curso de Gestão de R.Humanos ainda não tenho filhos, mas quero que o meu casamento se mantenha sempre assim também, cheio de amor e muito desejo pelo meu marido e vice-versa, acho que é das melhores coisas que se pode dar aos filhos, um ambiente familiar de PAIXÃO e amor do tamanho do muuuuuuuuunnnnndddddooooooo. lol

Bem desculpa lá o testamento...

Bjs

Soraya

no name disse...

Nem me dei ao trabalho de ler todos os comentários. Sinceramente, gostaria de saber o que leva algumas pessoas a fazer comparações entre ambas e pior ainda, dizer que a Maria é mais genuína.
Anda tanta gente enganada quanto à Maria Porto, até tu Felina andas enganada quanto à sua genuinidade. Mas acautela-te com as hipocrisias porque é o que mais reina por aqui.
Eu vejo uma enorme diferença entre ambas: tu escreves bem, ela recheia o blogue dela de foda-se, caralho, porra, mas de conteúdo é oco.
Apenas aproveitou a fórmula do sucesso que na altura em que ela criou o blogue dela já se tinha transformado o da Bruna Surfistinha, essa sim genuína.
Portanto, com licença mas vou ser malcriada: vão à merda os invejosos (ou invejosas) mais as comparações que fazem entre ti e a Maria. Tu és uma mulher de corpo inteiro, ela é uma miúda deslumbrada que se acha escritora, dizendo que o seu livro é verdadeira literatura, mas que em português pouco vale.

Um abraço a ti e ao felino de uma amiga que te admira.

no name disse...

Não deixei a minha identificação, mas para não dizerem que sou mais uma anónima, eu deixo o nome:

Isabel Marques
(conhecem? é tão anónimo como se não colocasse nome algum, por isso quem acha que deu a cara por ter assinado um nome, não esqueça que anónimos somos todos)

Gaija disse...

dei-me ao trabalho de ler todos os comentários...e nada tenho contra a claudia... nem contra muitos outros q por aqui passaram... mas daí a porem em questão se é tudo imaginação da autora ou não... até parece q cada foda q os felinos dão é um nº de circo... todos os relatos q tenho lido da felina e agora da leoa,também, não passam de momentos vividos entre marido e mulher no seu cantinho... é q nem estamos a falar q deram umas no avião.. na rua ...nem noutro sitio menos proprio p o acto... estamos a falar do q se passa na sua casa, entre as suas 4 paredes... eu nã vejo em nada de especial o q fazem...
em relação aos miudos...eu tb tenho duas crias e se a coisa for bem gerida... dá p dar todas as q se querem sem se ser minimamente interrompido...
a unica conclusão q eu posso chegar é q, infelizmente, ainda há muita gente q não anda a ser devidamente fodida...
quanto à moderação de comentários...concordo plenamente com isso... o cantinho é nosso e cada um faz dele o q quizer...

beijosss da gaija

Ana Sofia disse...

Felina, Felino desde já vos dou os meus parabens. Encontrei o vosso blog por uma pesquisa que andava a fazer no google sobre o ponto G (todas nós temos curiosidade antesd e sabermos realmente o que é) e adorei conhecer-vos.
Espero que continuem tal como estão... a mim deram-me animo pois a minha vida a dois estama numa rotina demasiadamente maçadora para me apetecer sexo e... de repente a minha libido aumentou a passos largos da noite para o dia, obrigada.

Só um ps: Quando ha pessoas que não sabem ler, antes de comentarem o que quer que seja, deveriam ler e reler até entenderem o que está escrito. Já referiram a farse "se lhes dermos TUDO o que eles querem" mas certamente se esqueceram de ler o que está a bold "(Isto apenas na perspectiva feminina, porque o homem deve empenhar-se TANTO como a mulher!!!).
Enfim... Ha pessoas que parecem inteligentes, até abrirem a boca. Mas Felina e Felino eu recentemente li uma frase que se encaixa neste vosso post coberto de criticas negativas:
"Nunca discutas com um idiota, pois ele pode conseguir levar-te ao nivel dele e depois ganha-te na experiencia.
Fiquem bem.
Ana

PAULO KALI disse...

Para falar a verdade sou leitor assiduo das duas e cada uma de vocês tem um estilo diferente mas igualmente viciante.
O paralelo que estabeleces só prova o motivo pelo qual te admiro tanto.Pode ser que ela te faça uma surpresa e retribua dentro do estilo dela era curioso comparar mas tenho a certeza que não ficaria atrás.
Vocês são a razão pela qual nós homens somos doidos por mulheres.

PAULO KALI disse...

...mas tu és sem duvida muito melhor, tens outro nivel, e não alinhas em guerras de norte e sul deste pequenito pais.

Anónimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ viagra commander
http://commanderviagragenerique.net/ commander viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ comprar viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ comprare viagra

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ prezzo viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra sin receta