???

sábado, agosto 11, 2007


- Estou farta da cama! Amor, vamos pôr a máquina de roupa a lavar e vamos para cima dela? – Disse-lhe eu quando ele se encostou a mim, mostrando-me desejo. Rebentámos os dois numa sonora gargalhada, culminando com um longo beijo repleto de tesão.


Não fomos pôr a roupa a lavar, mas houve uma troca de prazer intensíssima nas horas que se seguiram. Com as bocas unidas, as mãos de ambos não se cansaram de procurar espevitar o corpo do outro, com cócegas, festinhas e arranhadelas ligeiras. Rimo-nos entusiasmados com a nossa brincadeira, enquanto sentíamos o sangue a acumular-se nos nossos genitais, sem, contudo, iniciar a penetração de imediato. Prolongamos os beijos e as carícias até sentirmos a palpitação dos nossos sexos, próximos um do outro, mas adiando a sua fusão.
Custa muito resistir, pois apetece logo partir para uma foda desenfreada, mas o momento exigia compenetração e paciência. No momento em que ambos sentimos que não dava mais para aguentar a espera, iniciamos a entrada dele dentro de mim, com carinho e calma, muito relaxados e concentrados no que estávamos a sentir. No início, mantivemo-nos o mais quietos possível, quase como se sentissemos o sangue do outro a correr, de tal forma que acabei por me vir de uma forma totalmente descontrolada. Ele abraçou-me com força, beijando-me a face com carinho e segurando-me nos braços a sentir as minhas contracções. Foi um momento intenso e lindo, como só dois amantes que se conhecem bem podem viver.
Ao sentir-me livre e solta após o meu primeiro orgasmo, iniciamos uma festa maravilhosa, fazendo dos nossos corpos os instrumentos de diversão mais poderosos que existem. O Felino penetrou-me por detrás, segurando-me firmemente com uma mão no ombro e outra no meu cabelo com o qual fez um nó, num movimento de vaivém forte e seguro, levando-me aos céus, novamente, em poucos segundos. Há posições assim, que nos fazem sair fora de nós, e esta é uma delas. É tão bom…
Montei-o de seguida, de costas voltadas para ele, baloiçando as ancas e as nádegas bem à frente dos seus olhos, enquanto ele tentava explorar o meu rabinho com um dedinho atrevido. Aproveitava a minha humidade abundante para me esfregar e estimular, o que adorei, é claro. Eu tudo lhe permito, nós dois somos um só!!!
Deixei-me cair para trás e o vaivém continuou, apenas possibilitado pelas minhas ancas a subir e a descer, enquanto o seu pénis entrava e saía de mim com extrema facilidade, denunciando o meu estado de excitação total. Ah, como eu amo este homem… Girei sobre mim própria e, continuando a baloiçar, beijei-o e assim nos mantivemos largos minutos, enquanto as mãos dele me percorriam a pele por inteiro, derretendo-me nos seus braços. Não segurei um novo orgasmo, que, devido à sua intensidade, quase fez com que ele se viesse também, que tanto estava a tentar segurar-se e prolongar a nossa dança de prazer.
O Felino virou-se de lado, arrastando-me com ele e colocando-se bem dentro de mim, de lado, de frente um para o outro, ajudou-me a levantar as pernas até aos seus ombros, posicionando-nos numa posição que muito temos explorado ultimamente (não sei se conseguem visualizar). Começou um movimento rápido, entrando em mim com força, enquanto me beijava, como se daquele momento dependesse a sua vida. E a minha…
Voltou a girar mais um pouco, sem parar o vaivém frenético e intenso, e, com os meus pés bem colocados em cima dos seus ombros, eu de barriga para cima e ele bem em cima da minha púbis, numa penetração total, veio-se no mesmo instante em que o fixei nos olhos e lhe disse que o amava. Num estado de abandono ao prazer mais total que existe, disse-lhe, emocionada:
- Amo-te, Nininho… Amo-te tanto…
- Amoooooo-te - saiu-lhe da boca como um gemido de dor, que era prazer, do orgasmo que acabara de ter.

AMO-TE!!! (E estou toda molhadinha só de reviver esta noite, enquanto escrevia)

6 comentários:

Anónimo disse...

Ai essa posição da foto... hmmm... tão boooa! ;)

lapinha.87 disse...

Que vontade de ir já a correr ter com o meu nino... :p

***

Anónimo disse...

Axo k todos nós, estamos a vizualizar esta cena tórrida, de amor e sexo!
Tá tudo dito!

Que mais pode acontecer entre um homem e uma mulher, depois de termos lido esta descrição?

Um beijo

Vyola

Joaninha * disse...

Sabes, ando a ler o teu blog todo (o que ainda da' trabalho porque so' o descobri agora), e digo'te do que já li, sou tua fã :D!

Muitas (mas mesmo MUITAS) vontades que exprimes, que tens e o que fazes e pensas é parecido comigo, e acredita que já me ensinaste muito ;)!

Beijinho para ti felina e continua!

EXCITAÇÕES disse...

Os jogos de sedução acabam sempre da melhor maneira...e quase sempre empatados!

beijinhos

LB disse...

Passado mais um bom tempo, cá estou eu de novo a comentar. Felizmente, tenho conseguido ler todos os posts.

Gosto principalmente de uma certa mudança que tenho vindo a notar: para além do (bom) sexo descrito, é cada vez mais palpável os sentimentos que estão na base dessas situações. E isso só abona para o impacto das tuas palavras,não por lhe acrescentarem alguma veracidade, porque aí nunca tive duvidas, nem por melhorarem qualquer defeito de escrita, porque também não tenho nenhum a apontar, mas antes porque se lê nas entrelinhas o vosso amor.

O que é excelente.

Beijo para ti Felina, abraço para o Felino, e um beijo para a Leoa (cujos textos também tenho lido, e gostado bastante) e abraço para o Leão.