???

sexta-feira, janeiro 05, 2007


Vou chegar a casa, tratar de tudo o que houver para fazer e, antes de me deitar, tomar um banho de imersão para revigorar o corpo e o espírito.
Depois, vou fazer amor com o Felino,”como se não houvesse amanhã” (como diz o Nuno Markl) até ficarmos esgotados e ser preciso tomar banho outra vez. Porque o sexo só é bom, quando é SUJO!!! ;-) Isto é discutível eu sei, mas gostava de discutir sobre isto mesmo.


Um bom fim de semana a todos… Miauu……

11 comentários:

Anónimo disse...

E fazem muito bem! Força!

O sexo é o sal da vida. O resto é conversa.

João Norte

intro.vertido.weblog.com.pt

Anónimo disse...

Depende muito da pessoa isso daí.
Sujo demais não pode, tudo o que é demais pode tornar-se inconfortável.
Menos sexo claro.
Isso quanto mais for demais, melhor é.

Beijo enorme para a "Felina"
Abraço para o "Felino"

Jorge disse...

Concordo contigo, sexo "sujo" do tipo de o homem ficar "sujo" dos liquidos que escorrem da mulher a mulher do homem, é porque o sexo foi muito bom.
Cumprimentos para a Felina/Felino.

uma gaja disse...

Sujo, lambuzado, saboreado, pintado, cheirado, lambido, suado, sujo, sujíssimo! ;-)
Mil beijinhos em bouquet de sabores e texturas(como o seu blog) para a Felina.

líseo disse...

O próprio conceito de "sujidade" parte logo de permissa parcial. É uma questão subjectiva e aceitável, desde que os parceiros o aceitem como bom e prazeiroso!
Eu, pessoalmente, gosto que a minha namorada se venha na minha boca, mas aceito que ela não se sinta confortável em que eu me venha na boca dela. E...está tudo bem!

a tua amiga disse...

Sujo, limpo, badalhoco, limpinho, porco, o que interessa é fazê-lo!
:D
abraço

lumadian disse...

O sexo jamais é sujo. Suja são por vezes as mentalidades das pessoas retrogadas para quem sexo não passa da posição tradicional de missionário e toca a dormir.
No sexovaletudo desde que ambos os parceiros o desejem, sexo é um de sentidos, sabores e imaginação,onde tudo vale e o objectivo é a vitória de ambos.
Beijos especiais!!!

Inês disse...

Sujas são as roupas, (para adaptar de "velhos são os trapos"!!). Não considero o suor do meu namorado sujidade, antes gosto de cheirar, não evito o esperma dele nos meus cabelos, antes espalho mais ainda, não me inibo em chupar os seus dedos dos pés, etc. Não é certo dizer sujo, mas eu compreendo a intenção e sendo assim...: adoro que seja "sujo"

Sol disse...

Sem sombra de dúvida que não há nada melhor do que nos "sujarmos de amor". Fazer amor implica o aceitar da nossa condição "animalesca" e tal como os animais soltamos feromonas, fluidos etc...
Temos instintos que são dispertos por esses mesmos cheiros...
O contraste dos cheiros e sabores misturados, o "sujarmo-nos de sucos" é muito bom, por isso concordo contigo felina não há nada como uma boa queca que deixa a cama toda molhada, os corpos "sujos de amor" e os amantes extasiados.
Bons eclipses ;-)

Anónimo disse...

olá felina já li o teu livro e adorei... concordo ctg qdo dizes que o sexo tem q ser sujo:) qto mais sujo melhor. bjs e seguir o teu blog

Perguntador disse...

Sem duvida que quanto mais sujo maior é a cumplicidade, mais estamos envolvidos, mais estamos mergulhados, logo quanto mais sujo maior é a satisfação. Beijo