???

quinta-feira, janeiro 11, 2007

O início


Querem saber como começou a minha amizade com a Felina? Simples... Conheci o blog através da revista Sábado. Foi o Leão quem o visitou primeiro e me incentivou a visitá-lo. Tornou-se um vício para mim! Escrevi à Felina várias vezes a agradecer a magia que a escrita dela exercia sobre mim e a demonstrar imensa curiosidade em conhecê-la. Rapidamente passei a descrever-lhe minuciosamente os efeitos que omeupontog tinham em nós... Este foi o primeiro relato que lhe escrevi. A 28 de Agosto de 2006:


"Olá Felina! Espero não te ter inibido com a conversa de gostar de te conhecer. Compreenderás concerteza que emanas imensa sensualidade, e que qualquer pessoa teria curiosidade em conhecer a pessoa que anonimamente desperta tanto desejo. Não te escrevo ao fim de semana porque, também não tenho Internet em casa, e só do trabalho te posso escrever. E felizmente, não trabalho aos fins-de-semana. Contudo, na sexta-feira fui para casa depois de ler o teu post de quinta...Exerces magia sobre mim. Saí do trabalho cheia de malandrice... Sentia-me suar sensualidade. Andava na rua confiante, cheia de auto-estima, consciente dos pneuzinhos a mais, mas confiante que outros atributos ainda me mantêm desejável...Cheguei a casa e comecei um joguinho de flirt com o meu leão. Sabendo que estava com o período, ele beijou-me, abraçou-me com força, e passou as mãos, demoradamente pelas minhas nádegas e mamas. Mas sem grande expectativa... Não denunciei as minhas intenções imediatamente. Continuei o joguinho. Sempre que passava por ele apalpava-lhe suavemente os tomates. Roçava levemente as unhas na sua glande, circuncisada e por isso sempre insinuante. Ele, gostando do jogo correspondia, um pouco confuso, por saber que habitualmente não há muita disposição nesta altura do mês. À noite, ele adormeceu a nossa cria e acabou por adormecer também, cansado de um dia de trabalho e um jogo de futebol. Eu retirei-lhe dos braços a cria adormecida, deitei-a no berço, e comecei... Puxei lentamente o lençol que o cobria, beijei-lhe as coxas devagar, lambi-lhe as virilhas e ele começou devagarinho a acordar... Sem querer demonstrar que já estava alerta deixou os olhos fechados, num misto de sono e vontade de melhor usufruir... Eu lambi-lhe os tomates, devagar, com a língua bem húmida, subindo para o seu pau que já endurecia. Lambi-lhe a glande, rocei-a ao de leve com os dentes e senti-o contorcer-se, a deliciar-se com este inesperado prazer. Por fim chupei, saboreei-o, lambi e mamei aquela pele, aquela carne, aquele sabor... Também eu me vim, pelo prazer que sabia estar a propiciar e pelo prazer que me dá sentir a sua pele, o seu aroma e o seu sabor. Em certa altura não era que eu que lhe fazia um broche. Era ele que me fodia a boca... Veio-se nas minhas mamas, roçou-se em mim, espalhando o seu creme em mim. Brincando diz-me que a minha pele amanhã estará linda! Beija-me a boca que o amou, e diz que me ama. E dormimos abraçados, melados em sucos e exaustos. Mas dormimos tão bem.


Obrigada Felina.

Beijos

6 comentários:

Felina disse...

Parece que os meses recuaram e te estou a ler pela primeira vez. Como te reviste em mim, assim eu me revi em ti... por isso esta amizade está de pedra e cal, para o que der e vier...
Afinal, foi uma amizade que começou ao contrário, não é? ;-)
Mil beijos para o casal de Leões e para a cria linda!

Dos felinos com amizade!

Anónimo disse...

Bem, começo a me entusiasmar com a tua leitura Leoa... Continua.
Adoro-vos como grandes amigas que sei serem.
Muitos Beijos
Fofinha

Anónimo disse...

ola felina
Hoje acabei de ler o teu livro....e adorei...
O teu livro incentivou me mais em relação ao sexo.
O meu marido diz que devias lançar outro livro e eu concordo plenamente com ele.
força!!!
Bjos tdo de bom para ti e tua familia

sónia

Anónimo disse...

ola felina
Hoje acabei de ler o teu livro e adorei!!!
Ao ler o teu livro fiquei com mais vontade de foder com o meu Homem.
Ele acha que deves lançar outro livro e eu concordo plenamente com ele.
Força
beijos e tudo de bom para ti a tua familia
sónia santos

Anónimo disse...

Leoa,

Não podia haver melhor maneira de te "apresentares" do que com esta introdução à tua amizade com a Felina.

Gostei muito da tua descrição do teu estado de espírito à saída do trabalho depois de leres o blog. Lanço um grande VIVA para a tua Sensual consciência dos pneuzinhos ( "a mais"? ;) que ídeia é essa? ) e que o Leão os possa apreciar como eles de certo bem o desejam!

Beijo

Asas ao Vento

katarina disse...

Bem nao sei, mas cmg está a contecer o mesmo desde que conheci o blog da Felina,venho sempre cá com frequencia

O que é bom saber foi o efeito q o blog fez no casal Leao e Leoa!

BEIJOS para as duas da Kat!