???

terça-feira, janeiro 30, 2007

Ao ar livre é tão bom...


O meu Leão escreveu-me este mail no dia 11 de Setembro de 2006:


Sabes? Adoro comer-te ao ar livre, aliás adoro comer-te em todos os lados e mais alguns. Gosto de ver essa coninha fervendo, húmida de prazer só com a ideia do que se vai passar a seguir. Gosto de sentir a tua coninha na minha cara e não resisto a lambê-la de um lado ao outro, passar a língua por fora dos lábios roçando com o nariz no teu clis, e depois atacar! Primeiro com beijos no clis e de seguida lamber de trás para a frente pressionando a língua contra a tua coninha até ao clis. Continuo com umas lambidas curtas, apanhando sempre o teu clis vermelho à minha espera e de repente chupo-o e sinto as contracções do teu corpo e o teu gemido e continuo alternando lambidelas longas (desde o rabinho até ao clis) com lambidelas curtas. Vou chupando variando a pressão, e quando sinto as tuas mãos na minha cabeça chupo com mais força ouço-te e sinto-te a vires, aquele orgasmo violento sinto o teu sumo que lambo e sugo enquanto tremes de prazer, e depois… Depois dizes-me explodindo de prazer: "Fode-me, dá-me pila", e eu dou....Amo-tu Leoa



E porque é que ele escreveu este mail… Porque no dia anterior, escrevi à Felina um mail a relatar o que tínhamos feito. Transcrevo-o:

As quecas ao ar livre são tão boas, não são?

Enquanto o Leãozinho dormia a sesta em casa da avó, eu e o meu Leão decidimos ir vindimar. Acho que não vale a pena dizer que íamos cheios de más intenções (ou muito boas, dependendo da perspectiva...)No primeiro cantinho encontrado, trocamos beijos gulosos, por entre a respiração ofegante, num misto de cansaço pela caminhada, excitação e antecipação... Vimos na vinha do vizinho uma adega antiga. "Vamos ver a adega? Se calhar está aberta..." convidei eu. "Por trás da adega ninguém nos vê..." Disse ele. Dirigimo-nos para lá. A porta da adega estava realmente aberta, mas o Leão estava com vontade de me comer ao ar livre... Demos a volta à adega onde encontramos uma pedrinha que parecia ter sido feita para divã. O meu amor sentou-me e agarrando-me beijou-me sofregamente saboreando-me, sorvendo-me. Agarrava com força as minhas pernas e nádegas, encostando ao meu sexo o seu, já duro. Levantei-me e encostei-o à pedra. Baixei-lhe os calções expondo o seu pau duro e lindo, convidando-me a chupá-lo. Não me fiz rogada... Eu adoro aquela sobremesa! Lambi-o devagar a principio, das bolas à glande... E senti-o a contrair-se... a usufruir da minha língua, bem húmida. Coloquei-o todo na boca e iniciei o movimento que o deixa louco, com a mão a acompanhar. Rocei os dentes levemente pela glande e continuei num vaivém, húmido, excitante...Levantei-me pouco depois e deitei-me eu sobre a pedra-divã atrás da velha adega, de rabinho virado para ele, oferecendo-lhe a minha rata que já escorria de expectativa... Ele encaixou-se em mim, preenchendo-me com o seu pau e começou uma dança sensual. Sexual... Rapidamente se ouviu os meus sucos, pois já estava num avançado estado de excitação. Comeu-me com força, como sabe que gosto, enquanto olhávamos os dois a paisagem... Ele pediu-me que o chupasse novamente. Queria vir-se nas minhas mamas. Eu agachei-me e, com as ervas a roçarem a minha coninha húmida, chupei-o novamente. Com rapidez, para o encaminhar para a sua explosão de prazer. Não tardou muito para que me regasse com o seu leite, num grito contido, para não denunciar o que fazíamos...
Já com as pernas arranhadas das silvas que por lá existem, limpamo-nos, beijamo-nos e abraçamo-nos declarando o quanto nos amamos...
Ainda tivemos que apanhar alguma fruta... Afinal, foi isso que dissemos que íamos fazer!

21 comentários:

Sol disse...

Tens toda a razão Leoa, a natureza propicia a procriação, eu e a minha Lua também adoramos perdermo-nos "pelos caminhos de Portugal". Tudo ao natural sem corantes nem conservantes, com muito Amor à mistura. Nas nossas férias que se avizinham vamos passear para as montanhas e fazer amor como dois animais selvagens pois andamos em tal estado de excitação que já trepamos paredes. Continuem a amar e a usufriur de tudo o que o Amor tem para vos dar.

Bons Eclipses,
Sol

Felina disse...

Leões soltos, livres para se amarem... Como feras assanhadas, a transpirar sensualidade e a rugir de prazer!
Delicio-me convosco... delicio-me com o vosso prazer!!!
Hmmmm..

Anónimo disse...

Hummmm... Tambem já o fiz ao ar livre quem sabe até na mesma vinha... Hihihihi.
Adorei-vos ler e agora vou passar o Verão de Binóculos... Hihhihihi.
Hoje estou bem disposta, nota-se?
Deijos aos dois
Fofinha

Anónimo disse...

sitios banais q marcam toda a diferença. fazer sexo com paixao e com o nosso amor é sem duvida mt gratificante... nao resisto á tentação de todos os dias vir espreitar o vosso blog... q é o máximo....

Anónimo disse...

Ui!! mais um participante no blog ? Quem é o Lynx Felanus ??

kali disse...

Olá,
Gosto bastante de ler o vosso blog. Aliás penso que na área erótica, não existe muito melhor.
tenho uma critica que, espero que a entendam como construtiva, que é o facto de "vagina" cair muito melhor que cona ou coninha etc, tal como pénis ficar muito melhor que pau ou mastro. Chamar os orgãos pelo nome.

Fora isto, continuem e estão de parabéns.

Felina disse...

O Lynx Felanus, senhoras e senhores, é o próprio Felino!!!

isile disse...

Simplesmente adoro o blog, em tudo, pelo que escrevem e da maneira que escrevem.

Quanto a usar outros nomes para os orgãos, isso é muito subjectivo, acho que fica ao critério de cada um. Dá-me a parecer que por vezes chamam pénis ou vagina por ser politicamente mais correcto. Parece até que sai forçado...
Mas como digo isso é ao critério de cada um. Não acredito que na hora H lhe vão chamar nomes todos pomposos...

E continuem com todo esse Amor! Só faz é bem!

isile

Nivea disse...

Concordo com o/a kali.
Desde quando é que se viu uma Leoa com uma rata? Ou é muito controlada (not!) ou a rata está morta (not!). Logo... prefiro os termos vagina e pénis. O pau acaba por ter caruncho, eh eh.

Gato Maltês disse...

Kali, estou em desacordo completo sobre essa dos nomes: vagina, pénis e outros que tais é para ter com os médicos. Ratinha, pau, mastro, etc, é bem mais apelativo, criativo, erótico. Felina e Leoa, não mudem a terminologia, please!

Inês disse...

Na praia, tanto na areia, nas dunas, como na água! Isso sim é categoria. Teria sido bom se comessem umas uvinhas enquanto se amavam, ou as usassem com outro propósito mais ousado!!!

Ricardo disse...

ai nao, tambem gostava apanhar a kat num sitio desses ui ui...mas tambem ja exploramos muito sitio :P mas ainda ha mais pra explorar!

Continuem assim :)
Sexo com Amor é do Melhor

Beijos

Anónimo disse...

Em vez de penis, acho que deveriam dizer(escrever) moca nupcial. Alias deve ser o que o tipo da vagina quer. Levar com a moca nupcial pelo cu acima. Digo eu!

Sol disse...

Concordo com a Inês, já experimentamos uvas geladinhas para "outros propósitos" e posso confessar que os resultados foram ESTRONDOSOS (hihihi) :-D

Bons Eclipses,
Sol

Anónimo disse...

Como seguidor antigo do blog confesso a desilusao com o caminho seguido ultimamente. Fui perdendo o interesse em acompanhar e agora ja percebo q o interesse foi-se mesmo embora. De qq modo boa sorte nos vossos escritos e na vossa vida. Ate um dia.

kat disse...

Humm..gostei gostei!!

Fazer Amor ao ar livre é sempre muito excitante!!Eu e meu Fofuxo,Adora-mos!

Continuem que estou a gostar hehe

Beijos para ti Leoa e para a Felina *

P.S Amo-te Muito Ricardo (GeRmAn)desculpa por ontem.. :( @@

kAt

Chita disse...

Apesar de ser uma menina toda virada para a Natureza nunca explorei o seu lado... de alcova!No entanto,"fornicar" ao ar livre é algo que adoro... mas por enquanto foi sempre em paisagens mais urbanas...Nao ha nada melhor para aumentar a excitaçao do que o perigo de ser apanhado com "a boa no trombone"!
Chita

Anónimo disse...

Sem duvida que ao livre tem tudo de excitante, na praia é bom demais e qdo a água é quente, ui ui.

Bom demais

Anónimo disse...

desculpem a minha ignorância mas quantas pessoas escrevem neste blog
Felina, Leoa, são a mesma pessoa ou nao.
ASS: katy

Leoa disse...

Somos duas. Felina a dona deste blog, mestre das palavras! Leoa a mera convidada a participar neste espaço... Beijinhos Katy

sleeping angel disse...

bem sem duvida que curtir digamos assim ao ar livre e bom ainda melhor bem e perto do enrolar das ondas