???

quarta-feira, janeiro 03, 2007

1º texto da Leoa...




Ontem de manhã, estando o meu filhote na sala distraído a ver o canal Panda, decidi fazer uma visita ao meu Leão, que ainda dormia. Aproximei-me devagar e despi-me aos pés da cama. Gatinhei pela cama acima, subindo por entre as suas pernas e chegando ao seu pau, coberto pelos lençóis, esfreguei as minhas mamas. Puxei os cobertores para o vislumbrar e melhor o poder mimar. Passei a língua quente e húmida pelas suas bolas, subindo pelo pau até à glande e quando o abocanhei para o chupar, já estava duro…
Mamei no seu falo, criando-se saliva a jorros na minha boca, tal é o prazer que me dá sentir o seu sabor. Mas pouco tempo depois uma vozinha chamou por mim… e tivemos que abortar a missão!
Mas o tesão manteve-se latente durante todo o dia… Apanhada sozinha na sala pelo meu Leão, fui agarrada, apalpada e beijada com paixão. E enquanto esfregava no meu traseiro o seu pau que endurecia, fazia-me promessas ao ouvido do que me faria quando me apanhasse…
Durante o dia não foi possível apagar este fogo. Estamos a ficar temporariamente em casa dos meus pais, e portanto… a coisa fica mais difícil.
Por isso, quando à noite nos encontramos no quarto, sabíamos perfeitamente o que ambos pretendíamos. Beijamo-nos apaixonadamente! A minha língua procurou todos os recantos da sua boca, enrolou-se com a dele para lhe sentir o sabor. As nossas mãos exploraram o corpo um do outro, procurando indicadores de tesão! Os dedos dele embebidos nos meus sucos e a minha mão manipulando o seu pau…Desci por ele abaixo e com a boca gulosa, salivando, expectando o seu sabor, lambi-lhe as bolas, as virilhas e o pau. Abocanhei a sua glande e lambi-o devagar. Meti o seu pau todo na minha boca, e numa dança ritmada entre a minha boca, a minha mão e a minha língua chupei com gula! Senti-o a endurecer ainda mais, senti as veias do seu pau a pulsar na minha língua e parei… Não queria que se viesse já! Eu também queria prazer! Deitei-me na cama, de barriga para cima e ofereci-lhe a minha rata, que já escorria de expectativa! Ele lambeu-me os lábios e a entrada da rata húmida. Ele sabe qual o meu ponto mais erógeno, mas gosta de me deixar ansiosa! Só um pouco depois se dedicou ao meu clítoris: lambeu-o, chupou-o e brincou com ele levando-me a iniciar movimentos de vaivém, demonstrando-lhe que já queria mais que língua! Ele percebeu. Muitas vezes digo-lhe: "dá-me pila!". Mas ontem não foi preciso… Ele subiu para cima de mim, colocando-me os pés sobre os seus ombros e penetrou-me rapidamente. Eu já estava tão preparada para o receber! Fodeu-me com movimentos de dança. Aquele toque de anca!....
A cama estava a chiar muito! Fomos para o chão… Na mesma posição, o meu homem levou-me ao céu! Pedi-lhe que me fodesse por trás… Adoro! Agarrando-me as ancas com força, batendo com o seu corpo contras as minhas nádegas levou-me ao céu novamente! E sentindo que o prazer dele se intensificava parei… Ele tinha-me dito à tarde que queria vir-se na minha boca! Ele pôs-se de pé. De joelhos no chão chupei-o novamente. Lábios, língua e mãos a trabalhar para o mesmo objectivo: sorver o seu leitinho! Não tardei a sentir o seu sabor na minha boca e depois o seu calor a escorrer pelo meu peito!


Foi uma queca muito convencional. Mas tão intensa! Dormimos tão bem!!!




Nota da Felina: São ou não são fantásticos estes nossos amigos, o Leão e a Leoa?
O texto foi escrito pela fêmea, mas o macho deu um contributo magnífico, não acham?





E, como bónus, um textinho pequeno cheiinho de tesão, de uma outra amiga tesuda, como eu e a Leoa:





Estou surpreendida comigo mesma...
23:30 h, miúdos a dormir, o meu amor vai tomar banho, eu decidi fazer-lhe surpresa. Tirei a roupa, levei dois copos de vinho e fui para o duche com ele, bebemos o vinho com a água quentinha em nossos corpos, depois fiz-lhe um broche, mas não queria que ele se viesse, ele fez-me um minete, não estava muito á vontade, mas fi-lo ficar! Saímos do duche, deitei-me na cama e ele continuou... e vim-me, sim vim-me porra, mas queria mais... Saltei-lhe em cima, segurei-lhe as mãos e cavalguei-o até me vir novamente. Depois dediquei-me a ele continuei o broche sorvendo o meu sabor, hummm que delícia, gosto de mim, ele pediu-me o meu rabinho, dei-o com muito gosto e não levou um minuto ele atingiu o orgasmo... hummm começo a me sentir bemmmmmm.
Viva 2007 e viva para mim.





Que tal? Não acham que eu tenho as melhores amigas do mundo?



17 comentários:

Anónimo disse...

ola felina
és uma grande mulher,estou fascinada,ja tenho o teu livro e estou a adorar,da para aprender muita coisa.como ja tinha dito antes foi o meu marido que me ofereceu....tou a ler o teu livro e fico logo muito excitada,com vontade de ir para casa ter com o meu homem!!!!!

felecidades
bjos

Anónimo disse...

Uauuuu... O texto da Leoa, está muito bom, não só pela escrita, como tambem pelo tesão que me deu.
Beijos tesudos ás duas. Felina e Leoa.
E abraços para os dois. Felino e Leão.

Anónimo disse...

Esqueci-me de assinar no 2º comentário...
Sou eu...
Fofinha

Jquim_30 disse...

Parabéns.. aos 2 :D

Bela forma de começar a escrita... verdadeiramente cheio de tesão...

:P

Pede-se continuação ;)

Anónimo disse...

Parabéns à todo o mundo que escreve nesse blog...
Só de ler fico duro no momento..
Acho muito bem que a Leoa tenha sido convidada para escrever. Logo logo vai ter tanto sucesso quanto a Felina (falando nisso quero que saiam mais livros seus porque o que li era excelente e o blog tem uma "qualidade literária" impressionante:P).

Beijos para todas as gatinhas do planeta (maiores para vc e suas amigas Felina)
Abraços para os "Senhores"

Von Trapp

Jorge disse...

Olá Leoa, excelente texto adorei que excitação que me deu.

GN disse...

Quando julgava já ter visto tudo a respeito...eis que surpreendes de novo Felina. Simplesmente genial.
Ano novo – Gente nova!
Bom ano!!

Borboleta Gaja disse...

Gostei muito
Ficarei a aguardar as cenas dos proximos episódios.

:)

Passo disse...

heheh claro q sim belos amigos/as os teus :) ,, om ano p ti e po feao ou felino :s q ja nem sei axo q é tudo a mema coisa :s

Anónimo disse...

Olá Felina e Leoa,

Exalte-se sempre esse vosso espírito maravilhosamente Livre!

Felina, quanto ao texto da tua segunda amiga, apesar do seu valor intrínseco, penso que necessita de um tratamento cuidado em termos literários... Será que me estou a fazer compreender?

Beijos e abraços

Asas ao Vento

Anónimo disse...

tenho saudade das tuas fotos
Azorito

Filipe disse...

também eu tenho saudades dos devaneios.
Será que a leoa também tem dotes fotográficos?

Calipso disse...

Se já uma felina me deixava assanhado com a sua escrita, três gatas selvagens deixa-me completamente arranhado de tesão.
Que ricas companheiras arranjas te Felina!
Beijos a todas!

Anónimo disse...

Seja muito bem vinda!
Deliciosa a sua maneira de escrever e relatar os acontecimentos.
Me deixou quase KO.
Ideal seria por um aúdio do outro casal transando no quarto ao lado.

Beijinhos sua safada

luis claudio disse...

A minha mulher anda a ler o seu livro, fiquei curioso e tbem dei uma espreitadela....num instante devorei umas tantas paginas...adorei...já agora a Mó ficou diferente depois de ler o livro... Obgdo por existires..

libertynus disse...

hummm safada, dar o rabo é do melhor...não admira que ele se viesse em dois tempos

Anónimo disse...

oi, adorei a descoberta do teu site felina, e essa nova de postar histórias das amigas também é tudo de bom!

Sou brasileira, mas todos os dias leio seu site!!!

Amo-te!!!