???

terça-feira, outubro 17, 2006

Dez da noite e os nininhos já estão a dormir profundamente. Encontro-me deitada a ler e o Felino está só a fazer uns downloads no computador, mas já me pediu para lhe aquecer a cama, pois vem já para o pé de mim.

- Hmmmm…. O teu lugar espera-te! Não demores!!! – Digo-lhe.

Vejo o monitor apagar e um Felino elegante encaminhar-se para a cama. Está só de boxers brancos, justinhos, o meu Deus. Abraça-me e inebria-me com o seu perfume que me desperta os sentidos, deixando-me solta e rendida nos seus braços.

Envolvemo-nos num abraço longo, num beijo sentido e, sem pressas, acariciamos o corpo um do outro. Os meus pelinhos estão a crescer (tenho seriamente que pensar numa depilação definitiva, se as finanças mo permitirem) e sinto-me meio incomodada por não estar completamente perfeita para ele, mas ele diz que gosta de mim de qualquer forma e prova-mo, fazendo-me um minete divinal.

Acaricia-me as virilhas com os dedos, enquanto passeia a língua por entre os meus lábios, suga-me o clítoris que acorda e me faz estremecer. Desliza a boca por toda a extensão da ratinha, incidindo no meu botãozinho e penetra-me com força, com a língua marota que tão bem sabe o que faz.

Entretanto as minhas mãos seguram a cabeça dele, afagando-lhe os cabelos e os ombros, enquanto baloiço as ancas de encontro àquela fonte de prazer. Fico muito excitada, a pulsar de desejo e ele, sentindo-o, monta o meu corpo devagar, procurando com o pau muito duro, o seu lugar dentro de mim.

Com suaves estocadas, vai-me penetrando, até a fusão ser completa e o prazer se apoderar de nós. Começa um vaivém delicioso que é complementado com um abraço terno e um beijo doce, que nos une deliciosamente e faz o tempo parar.

Trocamos de posição, subindo eu para cima dele, montando-o como uma amazona ansiosa, com o pau duro dentro de mim, preenchendo-me completamente e enchendo-me de prazer. Continuo fodendo-o com força, vejo-o corar e a sua expressão facial revelar a proximidade do culminar, do orgasmo.

Abrando o ritmo, ajudando-o a controlar-se e dou meia volta, sempre com ele dentro de mim. Já estive quase a vir-me mas também me controlei, queria estar com muita força para poder brincar com ele e sabia que, se me viesse, a energia reduzir-se-ia.

De costas para ele, com o rabinho empinado na sua direcção, bamboleio as ancas permitindo uma penetração muito intensa e exponho-lhe os nossos sexos unidos, mesmo diante dos olhos, posição que sei que ele adora, por ter visão panorâmica da nossa acção. Concentro-me nos nossos sexos e deixo-me cair para trás, devagar, sobre o peito dele, com os meus cabelos longos a acariciar-lhe a pele.

Apoio as mãos na cama e flicto as pernas, sempre num vaivém compassado que intensifica a fricção do pau dele na minha ratinha faminta. Ele segura-me as ancas e acompanha o meu movimento de vaivém que intensifico propositadamente quando o sinto a palpitar com mais força dentro de mim. Também o "agarro" com a ratinha, puxando-o mais para o meu interior e, inevitavelmente, ele vem-se desmesuradamente, com uma explosão deliciosa, que o faz contorcer-se debaixo do meu corpo!

Deixo-me cair devagar sobre ele, tendo o cuidado de os meus cabelos não o incomodarem e deslizo para o lado, vendo como ele relaxa finalmente com um lindo sorriso nos lábios.

- Não me vim, sabes? – Confidencio-lhe eu.

- Não me digas. – Diz-me ele, com pena. – Pensei que te tinhas vindo comigo…

- Estive quase, mas não faz mal. Estou tão bem que não preciso do orgasmo.

E é verdade. Tive tanto prazer, sinto-me tão bem que para mim o orgasmo foi desde o princípio ao fim. E tenho o leitinho dele dentro de mim, com o qual adormeço, encantada!
Hmmmm….


11 comentários:

Anónimo disse...

Realmente com tanta intensidade e amor até nos esquecemos de nós... Mas que importa... se sabemos que o nosso amor vibrou... Adorei.
Beijinhos, Fofinha

http://manefta.blogs.sapo.pt disse...

Olá Felina, desta vez não te vim ler, venho avisar-te que o Pensamentos voltou a bombar por essa blogoesfera. Conto com a tua presença :)

Beijoca

Manefta

Anónimo disse...

Oh! Felina, que sorte que tens!
Já pensaste que há mulheres, que desconhecem, o que tu descreves?Não me lembro da sensação do que é...um minete....
Só posso dizer que invejo e... que espero que um dia, as coisas possam mudar para mim.
Afinal, uma mulher tem todas estas necessidades!
E vive muito mal por não as ter....

Um abraço

Anónimo disse...

Oh! Felina, que sorte que tens!
Já pensaste que há mulheres, que desconhecem, o que tu descreves?Não me lembro da sensação do que é...um minete....
Só posso dizer que invejo e... que espero que um dia, as coisas possam mudar para mim.
Afinal, uma mulher tem todas estas necessidades!
E vive muito mal por não as ter....

Um abraço

Heidi disse...

Tens toda a razão!!!!
Não precisamos de um orgasmo alucinante para termos muito prazer!!!!
Bjs

Anónimo disse...

Se tu nao sabes o que é um minete,posso fazer-te um...deixa contacto que logo logo tens essa sensação;)
E tu felina, que já experimentaste com uma mulher, se quiseres fazê-lo com outro Homem avisa....gostava de saborear essa coninha..

AnAni disse...

Eu não me venho sempre! Nem nunca me demorei a pensar nisso. Para me vir sempre, masturbo-me; para ter outras sensações que não posso ter sozinha, gozo-as mesmo que não culminem no orgasmo.
Não concebo as relações sexuais como toma lá e dá cá. Concebo-as como uma prática que me dá prazer e que tem como fim o sentir-me feliz com todas as sensações que tive, incluindo elas o orgasmo, ou não.
Portanto, Felina, compreendo-te perfeitamente. Uma coisa que nunca me acontece é pensarem que eu me vim sem isso ter acontecido porque se nota bem quando acontece o êxtase :-)
Beijinhos

Passo disse...

hum . .a masseje capilar sabe sempre bem ;) .. afinal o q interessa, alem do receber, é tb dar prazer afinal é de sexo q estamos a falar ... mas é mt mais bonito entre duas pessoas q se amam :)

apulgasexy disse...

ola

Esta pulga , procura corpos novos

Anónimo disse...

Fogo, que sorte a desta felina...
Há tanto tempo não sei o que isso é... Tantos como toda a minha vida... não sou virgem e já fui casada durante 20 anos, mas nunca tive prazer, nunca senti tal realidade descrita pela felina. Agora sou divorciada há 5 anos e nunca mais tive ninguém... Sorte para ti felina e que as coisas te corram sempre assim....
Blog interessante!

apulgasexy disse...

Dicorciada??um que bom que seria visita-me ehehehehehehe
uhuhuhuhuh.