???

quarta-feira, abril 12, 2006

A arte de gostar de mulher

Tem tudo a ver...
Recebi o email que, a seguir, vos transcrevo, há já alguns meses atrás. Hoje, no carro, depois do almoço, ouvi a música do Bryan Adams e lembrei-me desta mensagem. Procurei nos arquivos e ei-la, triunfante.
O texto foi escrito por um homem, daí ter um significado acrescido, para mim e para todas as mulheres que o lerem, claro!
Gostava muito que todos lessem MESMO, nada de "leituras na diagonal", é preciso sentir e absorver as palavras, para sentir a mensagem. Conto, por isso, com vocês leitores/as atentos/as, mas, principalmente, espero que os homens sintam cada palavra. Foi escrito com alma. Eu, como mulher, faço-lhe uma vénia. Nem é preciso dizer mais nada, deixo-vos com o texto em questão:

"A arte de gostar de mulher

Ainda nos meus tempos de universidade, fui assistir a uma palestra do fotógrafo André Arruda, que foi do JB, Globo e trabalhava, entre outras coisas, com moda.
Em determinado momento da palestra ele relatava a sua experiência a fotografar nus artísticos e lançou a seguinte frase: "para fotografar nu feminino é preciso gostar de mulher".
Eu sorri, porque na minha cabeça aquilo parecia meio óbvio, mas antes que qualquer um fizesse algum comentário, ele completou:
- Não se trata de gostar de mulher no sentido sexual, ter tesão por mulher nua, essas coisas.
Isso pode ter também. Mas trata-se de gostar de mulher num sentido mais profundo.
Gostar do universo feminino.

Observar que cada cuequinha é única, que tem uma rendinha diferente e ficar entretido com isso - afirmou.
O facto é que eu concordo com o conceito do Arruda sobre gostar de mulher.
Não basta ser heterossexual, o machão latino.
Para gostar de verdade de uma mulher são necessários outros requisitos que são raros.
Por isso a mulherada anda tão insatisfeita.
Sensibilidade é fundamental. Paciência também.
O homem que não tem paciência para escutar a necessidade que a mulher tem de falar, ou sensibilidade para cativá-la a cada dia, não gosta de mulher.

Pode gostar de sexo com mulher. O que é bem diferente.
Gostar de mulher é algo além, é penetrar no seu universo, deliciar-se com o modo com que ela relata o seu dia, minuto por minuto, quando chega do trabalho.
Admirar o seu corpo, ser um verdadeiro devoto do corpo feminino, as curvas, o cabelo, os seios.
Mas também ter culto pela sagacidade feminina, a sua intuição, admirar o seu sorriso, que é muito mais espontâneo que o nosso. Gostar de mulher é querer fazer a mulher feliz.
Levar-lhe flores ao trabalho, sem nenhum motivo, a não ser o de ver seu sorriso.
É escutar pacientemente todas as queixas da chefa rabugenta, que provavelmente é assim porque o seu homem não gosta de mulher.

O homem que gosta de mulher não está preocupado em quantas mulheres ele comeu durante a vida, mas sim com a qualidade do sexo que teve.
Se as realizou sexualmente, fazendo-as se sentirem desejadas, amadas, únicas, deusas, na cama e na vida.
O homem que gosta de mulher não come mulher. Ele penetra não só no corpo mas na alma, respirando, sentindo, amando cada pedacinho do corpo, e, é claro, da personalidade.

"Para viver um grande amor é necessário ser de sua dama por inteiro", afirmou Vinícius de Moraes no poema” Para viver um grande amor”. Para amar verdadeiramente uma mulher o homem deve ser totalmente fiel, traí- la, jamais.

Amá-la até a raiz dos cabelos. Admirá-la, deixar-se apaixonar todos os dias pelo seu sorriso ao despertar e principalmente conquistá-la, seduzi-la, como se fosse a primeira vez.
O homem que não tem paciência, nem tesão, nem competência para a seduzir várias e várias vezes, esse, minha amiga, não se iluda, não gosta nem um pouco de mulher.
Conquistar o corpo e a alma de uma mulher é algo tão gratificante que tem que ser tentado várias vezes. Só que alguns homens, os que não gostam de mulher, querem conquistar várias mulheres.
Os que gostam de mulher é que conquistam várias vezes a mesma mulher.
E isso nos gratifica, nos fortalece e nos dá uma nova dimensão.

A dimensão da poesia, do amor e em última instância do impenetrável universo feminino.
Mas atenção amigos que gostam de mulher: gostar de mulher e penetrar no seu universo não é torná-las cativas e sim libertá-las, admirá-las na sua insuperável liberdade.
Uma das músicas com que mais me identifico é uma em inglês - por incrível que pareça, para um nacionalista e anti-imperialista convicto.
É a Have you really loved a woman. É do cantor Bryan Adams.
A música foi tema do filme Don Juan de Marco e, em uma tradução livre quer dizer "já amaste realmente uma mulher?".
Em toda a música o cantor fala sobre a necessidade de se conhecer os pensamentos femininos, sonhos, dar-lhe apoio, para amar realmente uma mulher.

Essa música é perfeita.

Como se vê, gostar de comer mulher é fácil.
Agora, gostar de mulher, é dificílimo.
Precisa ser macho de verdade para isso.
Quem se habilita?"

Autoria: Rafael Marti


Para completar este post, não poderia deixar de acrescentar a letra dessa música do Bryan Adams, que me levou a escrever este post. Deixo-vo-la, também:

Artista: Bryan Adams

Título: Have You Ever Loved A Woman

To really love a woman,
To understand her,
You´ve got to know her deep inside ...
Hear every thought,
See every dream,
And give her wings when she wants to fly.
Then when you find yourself lying helpless in her arms ...
You know you really love a woman

When you love a woman,
You tell her that she´s really wanted.
When you love a woman,
You tell her that she´s the one.
´Cause she needs somebody, to tell her that it´s gonna last forever.
So tell me have you ever really ... really, really ever loved a woman?

To really love a woman,
Let her hold you,
Till you know how she needs to be touched.
You´ve got to breathe her, really taste her,
´Til you can feel her in your blood
when you can see your unborn children in her eyes ...
You know you really love a woman.

When you love a woman,
You tell her that she´s really wanted.
When you love a woman,
You tell her that she´s the one.
´Cause she needs somebody, to tell her that you´ll always be together
So tell me have you ever really ... really, really ever loved a woman?

You´ve got to give her some faith,
Hold her tight, a little tenderness.
You´ve got to treat her right.
She will be there for you taking good care of you ...
You really gotta love your woman yeah.

And when you find yourself lying helpless in her arms,
You know you really love a woman.

When you love a woman,
You tell her that she´s really wanted.
When you love a woman,
You tell her that she´s the one.
She needs somebody, to tell her that it´s gonna last forever.
So tell me have you ever really ... really, really ever loved a woman?
yeah
Just tell me have you ever really ... really, really ever loved a woman?
Oh Just tell me have you ever really ... really, really ever loved a woman?



24 comentários:

Penetrador disse...

Simplesmente...fabulástico. Adorei o pormenor da música do Bryan Adams :).
Beijocas

SPECTATOR disse...

sim senhora!
muito bem visto!
jinho!

Lanna disse...

Ui, doeu...!!! ;)
Grande R. Marti É isso mesmo!
Bjinho

laddy C disse...

Sim senhor!...
Este texto tocou-me o ponto G...lol
Tem tudo a ver! Gostar de mulher é isso mesmo... Amá-la no seu todo, todos os dias como se fosse o primeiro.
Lindo!
Onde aprendeste isso tudo? loooooool
Beijinhos

Leopardo disse...

Bom dia querida amiga....amar uma mulher é realmente uma arte,mas uma arte deliciosa...vim lhe desejar uma ótima pascoa...bjossss

ninfa disse...

"Os que gostam de mulher é que conquistam várias vezes a mesma mulher."
Esta pequena frase diz-me tanto :) É a mais pura das verdades... conquistar uma mulher não custa nada, comparado com o esforço que é preciso para mantê-la... ou pelo menos de coração inteiro :)
Gostei mt do post.

ÍntimoSedutor disse...

Olá minha querida, cá estou a te visitar denovo, e dizer que adorei seu comentário no meu spaces, mas estou saindo dele por motivos técnicos, há muita restrição lá para que eu possa publicar e trabalhar minhas obras, sem falar na página que é lenta demais para abrir. Agradeço sua visita e se quizer pegar a foto que está lá ou outra qualquer fique a vontade...
Sempre estarei aqui te degustando gostosamente....venha me degustar tb vou adorar..
Esse texto lindo, me fez pensar sobre o amor e a conquista...
Beijos de Feliz Páscoa...

pexeseco disse...

B'noite!
Bonita Tese!!!
BOA PASCOA
Bejocas!


B'rigado p'la visita

Jovem Senhor disse...

Felina, muito show esse seu texto.
Concorde em gênero e gráu com o André Arruda.
O universo feminino é fantastico... em todos os sentidos...

Bjkas achocolatadas... ótima páscoa.

JG disse...

até posso estar de acordo, só que vejo muitos mais atributos, e são tantos..bjs

zeze disse...

Olá, há muito tempo que te toque no ponto G, mas nunca te tinha penetrado nos comentários, hoje chegou a vez, veio com a Páscoa, sempre adorei teu blog,Voltarei sempre,Beijoka no Ponto

boundslave disse...

Ora ai está uma letra que nao precisava de som nem melodias para encantar!;) .. ate nem kurto mto de bryan adams mas sempre q oiço esta musica fico distante a pensar...
Lindo este teu post!!;)*
Grande Rafael Marti!:)

beijos!

ZUKO disse...

Sabes que ultimamente estou a gostar de ir ás compras com a Zuca?

É isso mesmo! Tem tudo a ver!

A minha pele..o meu cheiro.. disse...

Oi Felina,

Gosto muito da música do Bryan Adams...como esta...Let's Make a Night to Remember...simplesmente diz tudo a uma mulher!

Bjx com cheiro da pele.

Jovem Senhor disse...

Passando pra deixar uma bjka em ti Felina e te chamar pra ir lá me ler...

Anónimo disse...

Chegamos aqui por acaso e, para dizer a verdade, a nossa alma está pasma! Mas não por qualquer moralismo bacoco, coisa a que não somos dados, como por certo saberás...
CA e MG

pexeseco disse...

Bom Dia cara amiga!
Hoje fiz um post dedicado a voces
MULHERES.
Bejocas

Neptuno disse...

gosto de te comentar, porque sempre que comento tu escreves que toco no teu ponto g..o que é fixe... a arte de gostar de mulheres é essencialemente feita do conceito de não complicar...

{-Sutra-} disse...

Ora aí está, mas ainda há quem lhe interesse mais «comer» que «conhecer»!
Que bom que são as excepções ;-)

Divino este teu conjunto do texto com a letra da música :-)

Beijo doce

Carlos disse...

Fragmentos…..

Aqui deixo uns fragmentos, aguardando colaboração para os complementar e completar.

Considero que a tua opinião, a tua vivência é importante, por isso o desafio.

Aceita-o …..

As relações amorosas têm muitas versões

Gonçalo Abrantes disse...

"Os que gostam de mulher é que conquistam várias vezes a mesma mulher" - eu sublinhava tb esta frase. O texto é magnífico e relata aquilo que já tantas vezes senti e ainda não tinha visto publicado. Obrigado, Felina !

Caracol disse...

O texto está lindo!

Anónimo disse...

Isso tudo é perfeito.logo porque explica perfeitamente o que a mulher realmente gosta.Pelo fato de nao ser apenas um sexo momentânio, ela gosta de se sentir-se penetrada nao só por dentro mais por fora tambem.ela só se sente realizada quando atinge o ponto g da alma.

Dyron Liniker disse...

Isso tudo é perfeito.logo porque explica perfeitamente o que a mulher realmente gosta.Pelo fato de nao ser apenas um sexo momentânio, ela gosta de se sentir-se penetrada nao só por dentro mais por fora tambem.ela só se sente realizada quando atinge o ponto g da alma.