???

quarta-feira, janeiro 18, 2006

Desemprego? Só se não quisermos trabalhar ;=)

10 comentários:

ZUKO disse...

Aaaaaaah.... É complicado...

(PS: E isso tambem se aplicará a homens?...)

Fotos Indiscretas disse...

Está visto... É mesmo uma "puta" de vida!

Beijos dos teus amigos,

R&V

ninfa disse...

já conversei com muita gente acerca dessa noticia :) e infelizmente não chegámos a conclusão nenhuma. Parece-me mal ela ficar sem o subsidio, mas a profissão é legal no país, tratada juridicamente como qualquer outra. Eu acho que se devia abrir uma excepção para esse tipo de profissões, mas traçar fronteiras não deve ser nada fácil.

FZ disse...

Esta notícia eu não entendo. "legalizada na Alemanha em 2002" como? É que eu conheço muito bem (talvez melhor do que a própria Lisboa) a cidade de Hamburg (tenho lá família), que visito frequentemente, desde 1973.

Logo no local mais conhecido da cidade, a avenida Reeperbahn (que ninguém conhece por este nome, mas se eu disser que fica no bairro de Saint Pauli já toda a gente ouviu falar, não é?) a maioria das casas de espectáculos de sexo ao vivo (o "Salambo" é das mais conhecidas)ficam mesmo em frente de uma das esquadras centrais da cidade (isto desde que sou miúdo). Que saiba, a polícia nunca prendeu qualquer prostituta... Na esquina em frente exiet também há dezenas de anos uma espécie de garagem, com luzes de néon (daquelas que fazem os branmcos "saltar à vista"), onde as mulheres estão encostadas a postes que vêem do recto e onde combinam saídas com clientes. Dá para lá entrar, mas nunca fui cliente, thank God! (Nunca me deu para usar estes "serviços" que queres?)

Enfim, apenas um reparo. Quanto ao resto, come quem e onde melhor gosta. ;)

FZ disse...

Jeessus!! "postes que vêm do recto"??? Mas o que é que tu vais agora pôr-te a pensar, hein?

É o q faz esta cena ñ ter corrector ortográfico...

Queria dizer "postes que vêm do tecto! Apre!

Machine disse...

Pois, uma questão muito controversa esta... o que me faz confusão é que sempre pensei que houvesse uma espécie de perfil da pessoa para se saber que tipo de emprego procura ou que melhor lhe serve, será então que ela tinha capacidades académicas na arte do prazer?!?

Penetrador disse...

Ah...pois é! Tem que ir trabalhar, é a lei da vida...afinal fica com todas as regalias sociais e ainda pratica sexo :).
beijocas

ParaMeuPrazer disse...

Olha que giro.....não tarda nada estou a receber uma carta do Centro de Emprego a dizer:
Caro Viking, vc tem o tamanho de boca e a grossura de lábios ideal pró "bico", apresente-se tal dia a tal hora em tal sitio....
Fónikce... e vcs sabem qual era a minha primeira pergunta..????
--QUAL É O ORDENADO ??????
Chocho do Viking.

Felina disse...

ZUKO: Eu só te posso afirmar é que a única certeza que tenho é que não aceitaria um trabalho assim. Por mais legal que fosse.
Enfim, mas acredito que haja quem se empolgaria muito, mas eu não sou assim. O meu corpo eu não vendo. Ofereço-o!!!
Beijos!


... mas só ao meu homem, claro!


-----


R&V: POr mais puta que a vida seja, há sempre formas de viver condignamente...
Beijos também para vocês os dois!!!


FZ: Eu não conheço a realidade na Alemanha e concordo que a notícia parece contraditoria em relação à realidade que tu descreves, mas por mais legalizada que esteja qualquer coisa, o gosto por infringir prevalece. E aqui não será excepção. Nem todas as prostitutas querem estar "vinculadas" a uma entidade patronal. Preferem trabalhar por conta própria...
Isto acho eu...

Quanto ao recto... eu já estava aqui a fazer um filme ;)

Beijos!

MACHINE: Será que lá já há licenciaturas de Profissionais do sexo?... Hum... Beijos!


Penetrador: Mas não é muito digno, e depois, há as malogradas doenças, que não escolhem quem atacar... o sexo é bom, mas tem que ser com precaução!!!
Beijos!


VIKING: Eu sei que estás a brincar... Beijocas!

Chita disse...

Esta noticia choca'me!Fazer sexo com alguem nao é o mesmo que servir uma bebida!A lei esta mal feita!Por muito que nos queixemos do nosso pais, somo um pais com leis muito bem feitas...nao sabemos é polas em pratica!Na Alemanha pelos vistos é ao contrario!
Chita