???

domingo, maio 25, 2008

Moments in love

Foto retirada da Net

Antes de começarem a ler, aceitem a minha sugestão e ponham a tocar a música do vídeo do post abaixo...
Eu espero, vão lá!!! :-)
Já está?
Ok! Agora podem ler...

Esperaste-me deitado, aquecendo o meu lugar na cama. A noite de primavera estava fresca e, enquanto me encaminhava para a cama, sentia como os meus mamilos se iam espetando no fino tecido do negligé que vestira.


Sorriste para mim e chamaste-me, oferecendo-me o teu colo e o conforto do teu abraço.


Entrelaçando os teus dedos no meu cabelo, penteando-me com eles (como eu adoro que faças isso!!!) , beijaste-me delicadamente. A minha língua mostrou-te que queria mais, que precisava de mais, de beijos sem fim, quentes, leves, soltos e intensos... E foi isso que me deste nos momentos seguintes, com uma dança incrível das nossas bocas que se exploraram sem limites, línguas entrelaçadas e lábios colados, deslizando suaves e quentes, carne na carne...
Enquanto isso, as tuas mãos percorriam-me a pele exposta e arrepiada.
Ansiosa pelo teu toque, comecei por te lamber os dedos da mão, enquanto te fixava os olhos, analisando a tua reacção. Queria ver a tua expressão, enquanto direccionava os dedos acabados e lamber, humedecidos com a minha saliva quente, para a minha intimidade que palpitava, expectante, à espera desse gesto. Tu, maroto, obedeceste e iniciaste as carícias pelas quais ansiava. Muito devagar, percorreste as minhas virilhas, encontrando os lábios da minha ratinha já bastante inchados de tesão.

Nesse momento, direccionei a minha mão livre para o teu pénis duro que me esperava timidamente, mas que saltou para fora dos boxers, com um simples toque...

A carícia mútua, sem pressas, conjugada com o apaixonado beijo que se prolongou por largos minutos, levou-nos bem perto do paraíso. Que energia incrível!

Sentei-me sobre o teu peito e libertaste as minhas mamocas, acariciando-as devagar, beliscando suavemente os mamilos excitados que ansiavam pela tua boca. Mas eu decidi esperar... Comecei, lentamente, a subir as ancas, posicionando-me mesmo sobre a tua cabeça, oferecendo-te o meu sumo quente que, nesse momento, já era abundante.

Mergulhaste em mim, fazendo-me cócegas, agarrando-me as nádegas com força para não me deixares fugir dos teus avanços. Ri-me com as tuas lambidelas propositadamente descontroladas, fazendo-me experimentar sensações incríveis e inesperadas, até, finalmente, te dedicares de forma extremosa a tilitares o botãozinho de prazer que me leva aos céus. Com a língua firme, penetraste-me certeiramente e, com os dedos, completaste o envolvimento. Hummmm... é tão booom!!!!
Voltei-me 180 graus e, ainda com a tua boca a sugar-me, gulosa, engoli-te inteiro, até à garganta. Lambi-te as virilhas e as bolas inchadas, e enterrei-te novamente na minha boca sôfrega de prazer e vontade de dar prazer... Que 69 magnífico, que simetria divina, que prazer imenso retiramos desses instantes!

Aconchegamo-nos, então, um no outro e abraçamo-nos com um beijo longo para partilhar os nossos sabores, deliciosamente guardados em cada uma das nossas bocas. Hummm!

Mais uma vez as nossas mãos se encaminharam para o sexo um do outro e tu, devagar e sem tirares os olhos dos meus, vieste para cima de mim, encaixando-te perfeitamente sem, contudo, me penetrares ainda. Sentia-te palpitar contra a minha púbis e a vontade imediata era de abrir as pernas e sentir-te deslizar para dentro da minha carne faminta, mas a espera e o desejo aumentaram ainda mais a sensação quando, finalmente, isso aconteceu.

É incomparavelmente a sensação mais plena e gratificante que existe, a de termos a carne do nosso homem dentro de nós, milimetricamente encaixada e, de olhos nos olhos, o ouvir dizer que nos AMA. Não há melhor sensação num casal, acredito nisso!!!

Fazer amor contigo, sentir o nosso vaivém, a minha carne a ser preenchida com a tua, a entrar e a sair, a entrar e a sair, a entrar e a sair... sequencialmente, lenta e compassadamente, Felino, é o auge do que me podes dar. Que PRAZER louco! Hummmm!!!!!

Demos a volta à nossa cama dezenas de vezes, fomos para o chão, foste para o chão para me f**eres com força, de gatas na cama e, depois de tantas voltas, culminamos com um orgasmo absolutamente fabuloso, encaixadinhos, em colher, deitados nos lençóis amarrotados.

Adormecemos assim encaixados, com os nossos fluidos espalhados pelos lençóis e dois enormes sorrisos nos nossos rostos.

Indescritível?
;-)

17 comentários:

Anónimo disse...

ÍNDESCRITÍVEL, NÃO. INCRÍVEL, POTENTE E SENSUAL.
Fiquei cheio de tesão, minha doce e sexy Felina.
Estou aos teus pés.
SEMPRE

BEIJO NA BOCA disse...

Se apanho o meu marido agora, acho que dou cabo dele.
Tens um poder de sugestão enorme e cativas-nos muito com a tua escrita.
Parabéns, mais uma vez.
Beijo "na boca"

Diamante disse...

Cada vez melhor, gata Felina.
Miau bem meloso para ti.

FB disse...

Fabuloso!! Mais uma vez muito bem escrito! Com um enorme poder de sedução e prazer!! Nunca percas essa energia querida Felina! Carpe Diem! Bj

Charmoso disse...

SIMPLESMENTE TESUDO o teu texto.
ÉS A MELHOR DA BLOGOSFERA.

BOA!

Anónimo disse...

Gosto de sentir a tua presença mesmo sabendo que és inatingível.
ÉS UMA FORÇA DA NATUREZA. BEM-HAJAS.

naturline disse...

Saudações
Deveríamos olhar sempre além do horizonte... é lá que se encontra a verdadeira felicidade!
Abraços

naturline disse...

Lindo blog, delícia de ver e de sentir.
Parabéns!

@me@@@ disse...

é a primeira vez que visito o teu blog e tenho que comentar... texto muito bem escrito, muito sugestivo e de muitoooooo bom gosto, virei muitas vezes mais... :-) parabêns!!!

Anónimo disse...

Alô Felina!
Não consigo deixar de voltar ao teu blog uma e outra vez.
Mesmo sabendo que uma enorme imaginação volteia sobre os teus escritos, regresso ali muitas vezes porque adoro a expressão de liberdade que eles manifestam e logo numa matéria (sexo) que sempre me habituei a ver altamente (auto?)-reprimida nas mulheres... E se eu gosto de falar e ouvir ou ler sobre o prazer e a quase obrigação que deveríamos ter em senti-lo (longa, longamente...) e em proporcioná-lo...
Em resumo, não creio nada que faças nem uma parte do que dizes mas seduz-me, nem sabes como, simplesmente que o digas e da forma como o dizes!
Bem sei que talvez o anonimato facilite a tua liberdade mas, mesmo assim, quero agradecer-te o existires e o manifestar-te assim!!
Deixa-me dizer-te : GOSTO MUITO!!
Espero que nunca desistas e que tenhas todo o prazer do mundo tal como tão bem o descreves...
Entretanto, sozinho na minha sala do fundo com vista para o rio (que conheceste há pouco tempo, só de relance com muita pena minha…), o voltear das gaivotas (a ave cujo voo mais me seduz...) faz-me desejar que um destes dias eu te possa proporcionar um outro dos meus prazeres, o de usufruir da mesma perspectiva visual que elas têm da cidade. Não imaginas como é lindo…
No mínimo, talvez ainda possamos tomar um café...
Diz-me qualquer coisa, ok? Talvez tenhamos algumas teorias a referir um ao outro sobre o Prazer, da perspectiva do sexo ou das gaivotas…
PS: Lembrei-me dos meus testes psicotécnicos quando vi a tua foto na Visão (talvez deva dizer meia-foto…). Naqueles testes, a prova mais complicada era completar fotos com partes separadas. Lembro-me que passei com a minha melhor nota, nunca falhei…
O melhor do mundo para ti!
Fly4pleasure

Charmoso disse...

Hummm... e novidades?

darkness insight disse...

Olááááááá
nossa maravilhoso seu blog
um dos melhores queja li senão o melhor
muuuuuito show
poderia em tornar parceiro o seu blog? tem como? poderia até divulga-lo pelo meu blog e outras coisas q eu tenho pra divulgar
E outra coisa
tens msn?
queria conhecer de verdade uma pessoa realmente tao interessante quanto a ti para poder ter uma ótima amizade :)
brigadao pela atenção
bjs

Anónimo disse...

então Felina,

Agora foste de vez......era de esperar, a crise era evidente

Anónimo disse...

Volta felina.. volta!

Anónimo disse...

tenho saudades......vais voltar ?

Å®t Øf £övë disse...

Felina,
Depois de alguma reflexão, cheguei à conclusão que ainda és uma das poucas "dinossauras" carregadas de moral e amor como antigamente. Se tiveres curiosidade em saber porquê, passa por [aqui], e descobre tudo...
Beijinhos.

Eclipse com Amor disse...

Também acredito nisso porque sinto isso...

Obrigada por partilharem o vosso Amor!!!

Lua e Sol