???

sexta-feira, maio 18, 2007



Sim, sou eu! E daí?

Tenho pensado muito relativamente ao risco que corro de as pessoas desconfiarem que a pessoa que conhecem socialmente é a autora de um blog erótico.
Desde o mediatismo que o blog teve desde Agosto do ano passado a minha vida não mudou nada. Continuo a ser a mãe dedicada que sempre fui, sou a esposa/amante/companheira/confidente do meu marido todos os dias e o nosso amor tornou-se ainda mais forte, continuo a dedicar-me ao meu trabalho com empenho e profissionalismo, conjugando tudo numa mistura que resulta na mulher que todos vêm no dia-a-dia.

Já temi imenso que a minha identidade fosse revelada e agora não me assusta tanto, embora toda a gente que me lê deva perceber que é minha opção definitiva não a revelar. Muita gente me escreve a dizer que eu nada estou a fazer de mal, pelo contrário, só me devo orgulhar disso e que deveria dar a cara, etc... mas eu continuo a ter a certeza que é melhor assim.
Neste mundo em que vivemos ( e reparem que não falo só do nosso país), há demasiada gente mesquinha que não vive bem com a felicidade dos outros e que utilizaria todos os meios para me descredibilizar, achando que por eu gostar de escrever sobre este tema possa ser menos íntegra do que outras que se mostram muito (demasiado) pudicas e reservadas.

Eu sou peremptória: praticamente todas as mulheres têm o seu mundo secreto, a sua faceta ousada. Eu - e muitas outras - escrevemos sobre isso. A grande maioria não.
E todas as que escrevemos abertamente sobre sexo, prazer, desejos, vontades e tesão, somos alvo de crítica porquê?

Não é tão bom chegar ao computador com uma expressão felicíssima, com os filhos a dormir e o nosso marido orgulhoso de nós e do prazer que lhes demos, e relatar na primeira pessoa o bem que nos sentimos? E, se, ainda por cima, o nosso prazer der prazer a outros/as que nos lêem, não é tão bom?

Se uma mulher tem duas facetas, deve ser apontada por isso?

Se, para além da mulher que se mostra em sociedade e no trabalho, chega a casa e, na intimidade do lar, se revela ousada e provocadora, escrevendo sobre isso, poder ser conotada como diferente?

Poder-se-á alguém achar no direito de descredibilizar essa pessoa?

Sabem o que vos digo?

SOU TÃO FELIZ QUE ATÉ ME DÓI A PARVOÍCE DESSE TIPO DE PESSOAS.
Deixem-me ser feliz, em paz. Porque é em paz que eu me deito todas as noites, com a consciência tranquila e a sensação de missão cumprida, quer no trabalho, quer com a família, com os amigos, o meu marido e os meus filhos.
Sou feliz. Deixem-me em paz!
E NÃO, não vou dar a cara!!!! Respeitem a minha opção!



Miauuuu...

40 comentários:

Eclipse com amor disse...

Tens toda a razão em querer salvaguardar a tua privacidade. Acho muito bem que sejas a mãe dedicada e profissional competente para os outros e que para o teu homem sejas a mulher safada e amante. Concordo contigo quando dizes que existe muita gente maluca neste mundo que detesta ver os outros felizes. Continua a ser como e não tenhas medo que as pessoas descubram que afinal é tu aquela que escreve os textos que deixam "metade" do nosso portugal em alvoroço. Continua com orgulho a ser a mãe, a amiga, a confidente, a amante e a louca. Dá testemunho do teu amor e continia a provar (aqueles que ainda não se aperceberam) que dentro de cada mulher exite um mundo de surpresas, sendo que para as despoletar é preciso "tocar" nos sítios certos e tratar as pessoas com o respeito e Amor que merecem.

Bons Eclipses,
Sol

mel disse...

Olá Felina,

Acho muito bem que não dês a cara, este mundo é muito parvo, para 80% das pessoas ias ser uma mente depravada, eu só porque me dava bem com uma pessoa do sexo oposto (os grandes amigos não tem que ser do mesmo sexo ou o proprio conjuge) já era amante dessa pessoa. Que gente mesquinha, estou fula hoje...................

Liliana disse...

Aceito, respeito e concordo! So acho q fazes bem :)

beijinhos.

Luna disse...

e sendo assim uma mulher não tem só duas facetas mas sim muitas:
mãe, esposa, profissional, confidente, amiga... inumeras mesmo

Eu diria que somos apenas uma e todas diferentes!... e ÚNICAS!!!

Beijo enorme

Bonboca disse...

Tens toda a razão e assino em baixo tudo o escreveste. Beijos

just_me disse...

Às pessoas más e mal intencionadas a felicidade dos outros incomoda muito. SÊ quem és e continua a ser a excelente mãe/esposa/amante que és porque, como tu dizes, estás bem com a tua consciência e isso é o mais importante.

Anónimo disse...

parabens pelo blog,e ao teu marido especialmente porque tem uma mulher e peras lol.quanto á tua opção fazes bem.num país mesquinho e conservador não vale a pena dar a cara no que toca a sexo.
continua o bom trabalho

Susana Rocha disse...

Olá Felina!!

Dou-te os parábens pelo teu blog, adoro ler sempre!!!
E acho que tens toda a razão em querer manter-te assim, és uma grande Mulher!

Adoro-te muito!!

Beijinhos Doces . . .

® Jasmin disse...

Fazes tu muito bem amiga! Eu também faço o mesmo, apesar de ser ainda mais radical do que tu. Ninguém, mas ninguém mesmo sabe da existência do meu blog.
É o meu espaço, o meu cantinho. Talvez um dia até conte a alguém, mas é para terminar com o blog (ou deixar de escrever) logo a seguir.
beijinhos

gata preta disse...

ola felina...em 1ºlugar sou leitora assídua do teu blog e é a partir deste ponto que deves examinar esta minha análise.sou psicologa..ou melhor estudo para isso;gosto do tema da sexualidade gosto do aspecto didactico, cientifico de tudo o que o tema possa abordar...e como humana que sou,adoro sexo, n vivo sem sexo...no entanto o ser humano enquanto ser iminentemente social é de extremos...o sexo no nosso país é vivido de duas formas distintas: ou é tabu ou é vulgarizado.Por um lado temos pessoas com algum poder social a banir a contracepçao ou o sexo como obtençao de prazer..por o outro temos miúdos de 10 onze anos que têm como pano de fundo para encontros sexuais wc mistos...sou liberal..sim sou.. a questao n é o contexto onde se faz sexo...será que fazer amor caiu em desuso?...bom quanto ao teu post de hoje... ja pensaste que quem te critica possa invejar a tua vivacidade...? n pretendo criticar nada nem ninguém... dos blogs do genero que espreito destaco o teu...sou romantica... sou mulher... sou amante, amiga ,confidente, do meu namorado.. e tal empenho todo o meu amor em tudo o que faço com ele... gostava dum feedback teu..bjinhos

luafeiticeira disse...

Tens toda a razão, eu também, de vez em quando, me assusto ao pensar vir a ser reconhecida, pois, ainda por cima, pelo trabaljo que tenho, muita gente me conhece. Também acho que não deves mostrar a cara, isto é um país de gente preconceituosa e cretina.
jocas
Agradeço à leoa o comentário

Anónimo disse...

acho mto bem e concordo perfeitamente ctg..

o importante e k te sintas bem ctg mesma... o resto e secundario....

bjs e força

Bernardo Moura disse...

Aplaudo a atitude!
Penso que tem todo o direito e liberdade de Ser, Actuar e etc.. como acha melhor. Este mundo está realmente cheio de gente mesquinha pronta a "desfazer" os outros por questões que por vezes não teem nada de mal e por pura inveja de não poderem fazer o mesmo!
Aplausos!
:)

roseggata disse...

minha linda, o mundo esta cheio de pessoas mesquinhas, e as piores são as falsas puritanas, aquelas que gritam pela integridade moral dos bons costumes, estas sim são perigosas, tem uma mascara doentia e fazem coisas que ate o nosso Pai duvida...seja voce, uma mulher normal com desejos e anseios, e continue a nos deliciar com seus mravilhosos escritos...
beijosss..

O Criminoso disse...

Olá Bloggers ou Blogueiros (como quiserem)!

Alguns de vocês conhecem-me como ocriminoso mas o meu nome é Tiago Ribeiro.

Estou a dar início a uma reportagem sobre a importância dos blogs na sociedade contemporanea e sobre a actual discusão que argumenta que deverá ser criada um concelho que regule os blogs assim como o que os outros meios de comunicação estão estão sujeitos. Desejava confrontar as vossas opiniões sobre o assunto, pois se por um lado estariam a controlar a nossa «liberdade de expressão», por outro passariamos a ser valorizados e reconhecidos pelo trabalho que temos.

Esta reportagem aparece no ambito duma proposta de trabalho que me foi feita na ESAP - Escola Superior Artística do Porto, onde estudo actualmente Cinema, pelo professor Isolino Sousa director de programas da RTPN. Gostaria de saber se estão interessados em participar nesta reportagem, que visa valorizar o nosso trabalho, que verdade seja dita, não é fácil.

Para aqueles que habitam na cidade do Porto ou arredores, gostaria de saber se estão dispostos a ser entrevistados pessoalmente.
Para os que habitam nas restantes belas cidades de Portugal, gostaria de saber se vos poderia enviar a entrevista via email.

Obrigado por terem lido o mail até ao fim e por gastarem o vosso valioso tempo a me responder.

Boas Postagens!

Pedro disse...

Ola felina.
Tens todo o direito a tua privacidade.
quanto ao blog, se te faz feliz a ti e ao teu marido deves continuar!
O que fazes na tua vida privada , so a ti e ao teu marido diz respeito .
tanto eu como a minha esposa temos blogs e so nos tem beneficiado a nossa sexualidade. A maior parte das pessoas nao tem capacidade para lidar com certos aspectos respetivos ao sexo , mas sao rapidos a apontar ecriticar. Na maior parte sao pessoas insatisfeitas e miseraveis.
Vive a tua vida e se feliz.

um abraco
pedro

Joana disse...

Gosto da tua maneira de ver as coisas e como expoes a tua vida sem te identificar. É uma grande liberdade podermos expressar o que nos vai na alma, ker identificados ou não! Faz-nos sentir grandes!
Os meus parabens e continua assim que è o melhor :D

viberna disse...

Olá amiga,

digo-te para continuares a ser como és, com a tua essência irás derrotar todos akeles q te kerem mal, ou que te olham de lado.
Estarei sempre ao teu lado para o que der e vier. Conta cmg para tudo!
Há duvidas que somos melhores q eles?... *

luafeiticeira disse...

Felina ou leoa? Não sei quem costuma comentar o meu blog, sei que é uma das personagens do meu próximo conto.
7 outros beijos que se avizinham

Red Tigra disse...

Como vês amiga tens o apoio de muita gente!Já reparaste que toda esta gente, apesar de não te conhecer pessoalmente, tem um carinho especial por ti? Até te pedem conselhos e visitam-te com regularidade? Também já vi o teu marido defender-te quando algum parvalhão te deixa um comentário menos próprio. Então? Achas que vale apena perder-se tempo com algum tipo de justificação?!

Que te sirva de mais um incentivo o orgulho que sinto de ti enquanto mulher!

Bjinhos muito grandes aos dois!!!

Adriano Bichano disse...

Podes dar a cara quando quiseres porque isso a mim não me diz nada. O teu marido e filhos até gostam de ti assim e pronto, mais nada. Eu se te visse na rua dizia - Olha ali vai aquela mulher que eu tanto adoro mas que nunca me vai pertencer. Fico-me com as minhas garotas lá nos meus blogues. São os meus sonhos as minhas fantasias.

Isabel disse...

com tom de propaganda politica: Felina! Felina! Felina! Felina! :)

Jaime Ribeiro disse...

Olá!
mas porque haverias tu de ser obrigada a dar a cara? Para mim ( que até sou uma pessoa que ja trocou confidencias contigo), não me acrescenta rigorosamente nada ter a tua cara exposta. A pessoa que faz este Blog é a Felina, é uma parte da pessoa real que só se revela para o mundo atraves da Felina. E o mundo tem que se dar por contente por conhecer a Felina, por ter esse previlégio.
Contentem-se com isso... porque maius... não há!
E só uma coisa para terminar: Fernado Pessoa não é nem de perto nem de longe tão interessante como Alvaro de Campos ou Alberto Caeiro e eles são tão Fernando Pessoa como o proprio: Ao conhecermos os heteronimos ficamos a conhecer partes de Fernando Pessoa que sem os Heteronimos ficava ás escuras. A Felina é uma parte de uma determinada pessoa que nos abriu um pouco a porta para conhecermos o que de outra forma não iriamos conhecer. Com ou sem um rosto, ela é aquilo que escreve... e eu gosto dela assim

Sleeping_Angel.69@Hotmail.com disse...

Como vivemos num mundo ainda tão rodeado de preconceitos concordo plenamente que as pessoas não dêem a cara ate mais pelo facto de passar na rua e ser logo apontado continua com o teu fantástico trabalho

Francisco del Mundo disse...

Sempre respeitei!:D
Beijo

tânia disse...

olá, visito o teu blogue com alguma frequência mas nunca me interessei em comentar....
mas esta tua postagem chamou-me a atenção e não podia deixar de te dar o meu apoio e de dizer k isso é inveja.... sim INVEJA, as pessoas queriam era ser como tu... Mãe dedicada, esposa carinhosa fiel, humana, amiga, responsavel, trabalhadora.....

PARABÉNS
E continua...

Anónimo disse...

Olá, concordo em absoluto!!!! Venho frequentemente aqui e nunca quiz saber quem és! Respeito isso!
Beijo e sê feliz

http://shakermaker.blogs.sapo.pt disse...

Ora viva!

Sem tempo para muito mais...
Sendo assim, leitura actualizada.

Um abraço...
shakermaker

luafeiticeira disse...

OK, Felina e Felino já são personagens do meu último conto.
jocas

Anónimo disse...

Para ser sincero até já me aborrece ler as tuas constantes justificações sobre este tema.
A insistência das pessoas que tanto pressiona para saber a tua identidade, tem uma única justificação, curiosidade humana.
Enquanto não te habitares a ela não poderás entender a profundidade da tua criação nesta mundo virtual.

(e)amigo

Passo disse...

e fazes tu mt bem, afinal toda a gente gosta e deve respeitar a privacidade .. cont a escrever as tuas historiasq nos gostamos de te ler :)

Isabel disse...

Olá Felina!
Antes de mais os meu sparabéns pelo teu blog tão bem produzido!
Devo dizer-te que o encontrei casualmente à poucos dias e não tenho conseguido deixar de o ler...desde o princípio! Vou tornar-me uma leitora assidua!!;)
Ai de tt prazer k desperta em mim...
Gostaria de te colocar uma questão ou desafio (como keiras :p), tal como tu, adoro ter e DAR prazer ao meu namorado!Mas queria surpreende-lo e superar-me a mim mesma! Então, será que me podes explicar a mim e aos restantes leitores (sim, pk eu sei k este tema a tds interessa!) como fazer um belo de um broche, dakeles k n se eskece e k deixa vontade pr mais e mais? Descrevendo passo-a-passo, promenor-a-promenor...n sei, aliás se conhecerás algum site/filme/imagens que possam exemplificar (à luz do que nos 'disponibilizaste' no tema 'como encontrar o ponto g'...digo-te dez de já: ADOREI!!) seria o ideal!
Espero por uma resposta ou mesmo por um post próximo (o mas breve possível...pk o desejo aperta!!)
Deixo-te o meu mail se preferires contactarme pessoalmente: pinto_isabel@hotmail.com.
Obrigada pela tua grande contribuição pr o mundo do erotismo...sem eskecer o felino, claro está!
Bjinhos...aguardando ansiosamente e cheia de desejo uma resposta breve!:)

Isabel disse...

Enganei-me no mail! Desculpa!
É pinto_isabel@iol.pt.
Fico ansiosa à espera...;)

Heidi disse...

Fazes bem amiga Felina!!!!
Eu, tal como tu, não mostro a minha cara coomo autora do Prazer,por isso compreendo-te perfeitamente!
Continua assim, como tu és!!!!
Bjs de Prazer

Maria Liberdade disse...

Não são duas facetas. É apenas uma. Assim, como somos. E pronto.

Anani disse...

É curiosidade, é relativamente normal. Mas nem tens que justificar!

É que as pessoas só têm que pensar é que no dia-a-dia não sabem como a colega do lado sexa com o marido, não é?

Portanto, como não se pode ter tudo, aqui tem-se a colega do lado (neste caso, blogosfera) a descrever o que faz, mas neste caso sem cara.

E é só, porque se até podemos ouvir voz e ver corpo!

Pronto! :-D

Beijinhos, miúda, já não vinha cá há muito... Ena, já 500 e tal mil visitantes! :-D

PedroLopes disse...

Olá Felina, há algum tempo (não muito assiduamente confesso) que visito o teu blog, e este post eu não resisti a comentar! :)
Com a minha experiência pessoal de um casamento fracassado, devo te dizer que não tem mal nenhum a tua faceta ousada, muio pelo contrário! É precisamente isso que mantem a chama de um amor acesa!!!
Mau é, quando o marido passa nu pela mulher e não desperta qualquer tipo de desejo! Ou vice-versa!
Continua assim, a manter essa cumplicidade saudável e muito excitante com o Felino porque, é mesmo esse o segredo! É mesmo por aí.
Quanto a revelares a tua identidade também acho que não o deves fazer! Afinal vivemos num país muito pequeno e conservador, cheio de tabus, onde, alguém mais ousado, ou que goste de sexo já é visto com uma conutação muito negativa.
Beijos e felicidades

Anónimo disse...

Leio hoje o vosso blog pela primeira vez. Não, não revelem a vossa identidade. A vossa mensagem é válida pelo testemunho não condicionado. Não interessa a imagem, não interessa o que eu pudesse ver da realidade com os meus próprios olhos. Interessa-me sim saber como se sente outra mulher, como é que ela leva a vida, como é que ela faz para ser feliz, pelos seus próprios olhos. Não quero os meus filtros a perturbar.
Assim cada um de nós consiga aproveitar das experiências de outros.
Obrigada

Possuído disse...

Sou Homem e Português(logo de opinião suspeita), mas tenho k te ser sincero;nunca, jamais reveles a tua identidade..
a sociedade deste mundo, em particular, deste país lida mal, públicamente, com a tendência, senão, necessidade, inata, de sexo...é tabu, alvo de invejas, mesquinhices e corruptelas de vão de escada..

Um Momento... disse...

Felina os meus parabéns por este excelente post
Devorei cada letra
Não muito mais haverá a acrescentar , pois já qse tudo foi dito, e eu concordo plenamente
A privacidade é um direito que nos assiste.Logo usamos e abusamos dela incondicionalmente
Somos felizes assim , ninguém tem nada a ver com isso
Continua , apenas hoje conheci o teu espaço , mas estou a "vasculhar" e a gostar imenso
Um bem haja e um enorme sorriso
Até já :))