???

quarta-feira, fevereiro 28, 2007

Leões



É impressionante como as reviravoltas da vida influenciam um relacionamento! A vários níveis… Parece que a energia é menor. A imaginação diminui… A inércia aumenta… Passam-se dias que não apetece fazer absolutamente nada! Apenas bezerrar no sofá ou em frente ao computador, com ar de “coitadinha de mim!!”
E a vida sexual também se modifica, inevitavelmente… Não sinto tantas vezes aquele apetite animal de o devorar. Não me sinto tantas vezes sexy e desejável, apesar de o Leão me dizer incansavelmente que o sou! Apetece-me mais vezes enroscar-me nele, encostar a cabeça ao seu peito perfumado, ouvindo o seu batimento cardíaco e a sua respiração.
E quando as coisas se desenvolvem e se encaminham para o sexo, sabe-me melhor o sexo mais lento, mais sentido…
Ontem chegamos a casa tarde. O Leão cansado. Eu com uma vontade imensa de me imbuir nele. Deitamo-nos, enroscamos as pernas um no outro num duelo entre o cansaço e o desejo. Deitei-o de barriga para cima, despi-me completamente e coloquei-me sobre ele. Encostei os meus lábios aos dele, os meus seios à pele do seu peito, o meu sexo ao dele. Não tardei a senti-lo crescer de encontro a mim. Desci pelo corpo do meu Leão abaixo, beijando e roçando-me na pele perfumada e suavizada pelo banho. Parei a descida quando os meus lábios encontraram o pau que crescia… Lambi-lhe a glande devagar. Desci um pouco para o lamber desde as bolas até à cabecinha insinuante do seu pau. Abocanhei-o todo, para o sentir: tacto, paladar e olfacto… Massajei-lhe as bolas enquanto lhe chupava o sexo. E mamei-o com os lábios, língua e mão.
Quando se sentiu num maior nível de excitação quis colocar-se noutra posição. Gosta de estar de joelhos sobre a cama para melhor ver o meu corpo. Mamei-o assim por um pouco, até eu chegar a um ponto que queria senti-lo mais. Virei-me de costas e encaixei-me nele. Sabendo que estava cansado, fiz eu os movimentos necessários. Balancei-me devagar para a frente e para trás, pretendendo sentir o seu pau a roçar contra os meus lábios… Sentindo a humidade do meu corpo a aumentar… Balancei-me variando os movimentos e os ritmos e vim-me rapidamente! Deixando no pau do meu Leão um “creme” branco. Queria sentir o meu sabor! E o dele também! Voltei a mamá-lo… Deliciando-me com o meu sabor e ansiando já pelo sabor dele. Chupei-o num ritmo rápido, com muita saliva, agarrando-lhe as bolas, para o encaminhar para o orgasmo!
Ele veio-se na minha boquinha abundantemente. Os nossos sabores unidos são óptimos!
O sorriso de satisfação no rosto do Leão colocou no meu um sorriso enorme! E, com esse mesmo sorriso disse-me: “Mor, soube-me mesmo bem! Não tive que fazer quase nada!”
Não o levem a mal! Ele não é preguiçoso! Muito menos na cama!!! Mas há dias que se pudermos ter prazer sem muito esforço… Convenhamos, é agradável!

19 comentários:

Anónimo disse...

Sim,Felina..e é nesses dias em k o cansaço parece kerer vencer o desejo ,k temos de ser leoas,mesmo k com pouco esforço...
O sexo não precisa de ser sempre arrebatador,animal...também gosto dos dias em k tudo é mais calmo e podemos saborear pausadamente .!Gosto de despir o meu papel de boa profissional,de mãe,de amiga e assumir inteiramente o de MULHER...O DE AMANTE...beijinhos

El FOGO

Felina disse...

ATENÇÃO: Este post foi escrito pela Leoa!
A maravilhosa Leoa!

PLEASE, NÃO CONFUNDAM :-)

Anónimo disse...

Ai Leoa, que partes isto tudo!!!

Mas é mesmo, Amiga. Há momentos em que é tão bom dar descanso a quem amamos e AMÁ-LO totalmente, assim!

Muitos beijos aos dois, de nós os dois?

AH...
Qaundo é que o Leão se atreve a postar também?

Aposto que mta gente gostaria de saber o que lhe vai na cabeça... ou melhor... nas cabeças!!! :-)


________________________

BEIJOS A TODOS

Sensualidade Caliente disse...

É mesmo, as vezes temos dias assim, que nos deixam absolutamente de rastos, em que ate para beber um copo de agura nos doi o corpo.
é bom termos a nossa "leoa", meiga e doce, que nos compreende mesmo sem falarmos.

Beijos

Anónimo disse...

Há já vários dias que cá não vinha, e pasmei com alguns dos comentários dos últimos dias. Desculpem voltar ao assunto, mas não resisto à tentação de dizer duas ou três coisas. Primeiro: não posso estar mais em desacordo com as criticas feitas por jornalistas ao estilo dos textos (também eu sou jornalista). Estilos não se discutem. Era o que nos faltava se fossemos todos obrigados a escrever da mesma forma quadrada que a de alguns desses comentários que li. O que dirão então os autores dos ditos das regras de sintaxe do Memorial do Convento, ou do Outono do Patriarca ? Segundo: E qual é o mal se os textos da Felina forem fantasiados? Então e todas as obras literárias, ou filmes, de pura ficção que nos enchem de emoções, também os devemos criticar e/ou rejeitar porque não são realistas ? (desculpem, hoje parce que estou muito literária)
Terceiro: Felina, tens toda a minha admiração pelo nível com que respondeste aos comentários mais desagradáveis, sem cair na peixeirada fácil. Mas, Quarto, choca-me que assumas ser a tal "meretriz de trazer por casa" como alguém te chamou. Então uma mulher que sabe o que quer, que assume a fundo e sem tabus a sua sexualidade e que procura dar e receber um máximo de prazer com o seu parceiro, é uma meretriz? Que horror! Desculpa o lençol.
Abraços e continua assim
Malicious

Rafaela disse...

Muito interessante, voltarei mais vezes .

LB disse...

Isso é sexo fofinho! E é do que me tem apetecido mais, sinceramente.

Quando uma pessoa passa algum tempo da sua vida embrenhado em sexo...mais mexido...e casual, como foi o meu caso, acho que, ás tantas, a parte mais emocional de nós também reclama um pouco o seu espaço. Falo por mim. E fazer amor MESMO é mais dificil do que a satisfação carnal por si só.

Beijo para a Leoa, parabéns pelos bons textos que tens escrito.
Beijo e abraços para os restantes,Leão, Felina e Felino.

LadyC disse...

Olá Leoa!
Concordo plenamente! Há dias que o cansaço nos consome!
Adoro sexo, mas há alturas que me deito, abraço o meu Amor e só isso é suficiente. Sinto-me protegida, amada, aconchegada...e adormeço calmamente, sem dar por isso.
Bjos

sleeping angel disse...

helo leoazita bem a dias mesmo assim que não nos da vontade de fazer nada e sem duvida torna-se uma maravilha quando a nossa parceira toma a liberdade de nos excitar bem tenho-te a dizer esse leão tem muita sorte e ter uma leoa tão feroz

Anónimo disse...

Só para fazer um ponto de ordem e esclarecer algumas almas mais perturbadas: será atentado não apreciar a escrita de uma pessoa? Acho que não. E admito perfeitamente que não gostem da minha. Aliás, estou pouco preocupado com isso. E já agora, no lugar da Felina também não me preocupava nada. Mas outros(as) parecem preocupar-se por ela.

Disse que a escrita da Felina não me cativa profundamente e mantenho, admitindo sempre que continuo a passar por aqui, esporadicamente, à semelhança dp que faço com outros blogs. São pontos vivos na Net e despertam-me curiosidade.

Voltando atrás, não é possível obrigar alguém a gostar do que quer que seja, ainda por cima quando a sua opinião foi apresentada sem ofender ninguém. Ora, quando disse que não sou admirador da escrita Felina, estava a dar a minha opinião. Livremente. E agradeço à Felina por ter publicado o meu comentário, que, afinal, suscitou tantas palavras de apreço aos teus textos.

É bom que assim seja, pois o pluralismo é essencial à discussão.

Jinhos. Tal como vos disse antes, continuem... à vossa maneira.

F.S.

Madalena disse...

Felina, gata, estava a ler o teu livro na parte em que falas das cuequinhas de stripper que abrem de lado :D Dá-me lá o contacto então ahaha ;) Podes mandar para: madalena666@hotmail.com Miauuuu *

Anónimo disse...

Olá Leoa,

Nunca fiz um comentário um comentário aos textos, mas hoje não resisti.
É só mesmo para dizer que adorei, formidável, que sensualidade....

BEIJOS COM FOGO DA DRAGONA...

BEIJOS PARA OS FELINOS E PARA TI E O LEÃO...

BEIJOS PARA TI DRAGÃO... LONGOS...

Anónimo disse...

Oi Leoa,

É só pra te dizer k tenho feito comentários á escrita da Felina k adoro e agora estou a fazê-lo em relação a ti k tb adoro mas que ainda não tinha dado a minha opinião por falta de oportunidade.

Sois as duas óptimas escritoras na minha opinião e duas mulheres fantásticas.

Não me canso de vocês, continuem assim...

Beijinhos para ti e pra Felina e abraços pró Felino e Leão.

BEIJOS COM FOGO DO DRAGÃO PRA A DRAGONA...

Bernardo Moura disse...

Tenho passado por cá!
Abraço!

Foxylady disse...

è verdade, é bomagradar, puxar por eles e surpreender.
Quando estão cansados porque não dar prazer?

Costumo dar uns mimos calientes ao meu antes de ir trabalhar, rapidos, quantes, para ir a pensar em mim, para querer voltar para ter mais...

shakermaker disse...

Ora viva!

Bom, o fulano pode até nem ser preguiçoso na cama mas se lhe repetir isso muitas vezes pode crer que ele se vai tornar num passivo adormecido.

Um abraço...
shakermaker

Anónimo disse...

http://ocaricas.blogspot.com/

Anónimo disse...

Já não temos novidades desde 28 de Fevereiro.....
Estão em falta para com os vossos leitores, nada de perguiça e toca a actualizar esta magnifica página.
Um abraço.
O Africano,

Anónimo disse...

Já não temos novidades desde 28 de Fevereiro.....
Estão em falta para com os vossos leitores, nada de perguiça e toca a actualizar esta magnifica página.
Um abraço.
O Africano,