???

segunda-feira, julho 10, 2006

Esperando pelo Felino!


As férias acabaram-se e não quero falar delas pois mal deram para relaxar...
Pior do que isso é que, para mal dos nosso pecados, meus e do Felino, esta é uma semana difícil devido aos trabalhos nocturnos dele...
É sempre mau. Para ele que tem que passar a noite a trabalhar como um negro e para mim que desespero por ele. E não consigo dormir em condições, sempre à espera de ouvir e ver chegar, para poder abraçar e amar.

Uma noite dessas, enquanto esperava por ele, registei o momento. Ei-lo:









Ele sabe como o desejo e, ao ver estas fotos, reconhecerá a menina marota que existe em mim...

De vez em quando mando-lhe MMS picantes, para lhe aligeirar a noite e fazer-lhe ver que, mal chegue a casa, tem a sua gata gulosa à espera, para o devorar, como a esta ameixa:


Com a minha boca sedenta e sempre esfomeada do meu gato:


Vocês conhecem-me assim atrevida. Gosto de o ser e, pelos vossos comentários, concluo que não estou errada. Então, também não estará errado declarar o seguinte:

E acreditem que o sou. Na minha cabeça sou tudo. Fantasio para mim e para ele, não deixando de ser quem sou, e liberto-me de tudo para viver em pleno a sexualidade. Para mim não há barreiras. Não há limites. Não há tabus. Basta que ele queira. Qualquer coisa que Ele queira. Ele sabe que a sua Felina não lhe falhará nunca. Assim como ele não me falha a mim!


Nada é perfeito, mas nos momentos em que estamos unidos, acreditem que há perfeição!!!

Beijos doces e Felinos!!!
Com uma suave e entesoante arranhadela nas costas...






15 comentários:

ZUKO disse...

Então já se vieram de férias...

só eu disse...

Já te agradeci no meu cantinho mas volto a agradecer a tua visita.
Eu tb sou uma verdadeira "puta" com o meu homem, felizmente o meu n trabalha á noite, por isso a "putice" pode ser todos os dias.

Carlos disse...

Não gosto de dormir sozinho...



Lembro dos teus braços ao meu redor.

Da tua respiração na minha nuca...

Da tuas mãos me acariciando...

De nos amando...



Não gosto de dormir sozinho...



Lembro dos teus carinhos

De me sentir amado

Do passar das tuas mãos pelo meu corpo

Pelo meu rosto,

Do teu olhar o meu jeito.



Não gosto de dormir sozinho...



Quero estar contigo,

Quero sonhar teus sonhos.

Quero amar-te, quero que me queiras.

Quero viver contigo.

Luna disse...

é claro que a perfeição existe... (não pode durar eternamente pois corriamos o risco de não lhe dar o devido valor). beijos rubros

{-Sutra-} disse...

Toda a mulher sonha ser puta? Sim, nos braços de quem amamos e podemos sê-lo sem limites... ;-)

Bj doce

inconfidente disse...

Essa história é-me familiar...o meu tb trabalha por turnos...
Beijocas

FZ disse...

Bom regresso de férias! (não desanimem).

Adorei o desenho escolhido, com as 2 felinas.

E o que é que são aquelas 2 saliências que vejo na 2ª foto (abaixo do desenho)? Não me digas que "aquilo" é que são os Montes de Vénus... ;>)

********

MINETE REAL disse...

bem vinda de férias, pena que não tenham sido tão boas como desejavas, mas enfim :)
Gosto desse teu atrevimento, da tua forma de encarar as coisas, e nao ha mal nenhum na tua conclusão, quando se está com quem se ama.

Beijoca Humida

ÍntimoSedutor disse...

Minha querida,
Depois dizes-me que minha escrita
é arrebatadora, pois sim, tú que
és uma delícia....
Que boca sensual, lábios carnudos,
estes sim me seduzem,adorei teu escrito e queria ser esta ameixa, para ser comido por você.....
Uiiiiiiiiiiiii.........
Beijos devorantes e doces....

Neptuno disse...

bem..se quiseres tb podes me enviar esses mms eh eh eh..és um assombro

El`Predador disse...

Assim vale a pena ter um blog.
prometo voltar para ver como (des)esperas pela chegada dele...
Humm gostei da mulher felina!

LM disse...

olha eu tamb sou como o teu gajo


tamb trabalho por turnos...ih

Silvia disse...

fazes bem...criar-lhes expectativas é bom...

Carlos disse...

A poesia é carne e alma
dentro da língua dos poetas
nos desassossegos das idades
pequena e imensa de desejos
nesta recusa de falar das tristezas
assim sou sem disfarce, nesta entrega
dou o meu sangue ao que acredito
nestes delírios de sentir e amar
numa sede imensa que carrego
num perpétuo sonho com a poesia
numa revelação sem tempo

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested