???

segunda-feira, dezembro 19, 2005

Jantar de colegas II

No jantar de colegas referido há uns quantos posts atrás falei de um dos assuntos delicados, sobre o qual foram trocadas impressões, naquela noite.
Outro assunto também falado e muito polémico, foi relativamente ao facto de o homem olhar para o lado, quando vê uma mulher bonita...
A minha opinião, por mais que me custe admitir, é que é difícil admitir que como eu não sou a mais bela mulher do mundo, dói um bocado ver a atenção do meu mais-que-tudo voltada paraoutra cara ou outras formas que não as minhas... mas já não é ciúme. Eu disse "já não"... Olhar não retira nenhum pedaço e, a mim, a infidelidade no pensamento não me incomoda. Tocar.. isso já seria diferente...
Naquele miserável jantar, houve algumas cabecinhas iluminadas que defendiam que só o facto de o homem olhar para o lado, já era sinal de que não amava a sua companheira, senão nem sequer olharia... (sem comentários)
Outras houve que afirmaram que eles próprias nunca (!) olharam para o lado...
Todas elas acreditavam piamente que os seus respectivos nunca as tinham traído (até aqui, tudo bem) mas eram capazes de jurar que eles não olhavam para o lado, nem sentia desejo por outras... (hummm)
Ora bem, eu não ponho a mão no fogo por ninguém. Por ninguém, mesmo.
Somos humanos, ora bolas... A tentação anda por todo o lado. A gente vai na rua e depara-se com cada obra da maravilhosa mãe natureza, que é de pôr os cabelos em pé. Mas aqui entra um factor muito importante: a consciência. Nós não somos animaizinhos que podemos passar a vida a fornicar a torto e a direito, só porque os instintos estão à flor da pele.
Se nós dizemos amar uma SÓ pessoa, tenmos o dever moral de lhe ser fiel, de não a enganar. Há valores a defender, experiências, vivências, sonhos e projectos com a pessoa amada que em nada se comparam a uma queca irracionalmente dada, só pelo prazer do momento.
Nesse jantar eu disse isto mesmo às minhas "coleguitas" (não são amigas, Thanks God), parafraseando, para isso, o ZUCO que, num dos seus melhores posts, conseguiu elevar ainda mais a ideia que eu tenho, de que os homens não são todos iguais. Obrigada Zuco! A teoria da balança é digna de registo e podes crer que, fazendo todo o sentido, te vou nomear sempre que este assunto vier à baila!
E obrigada às ditas colegas por me fazerem sentir melhor. Pela diferença.

10 comentários:

AnAni disse...

SM
Eu tenho uma opinião diferente da tua, e completamente diferente da das tuas colegas. E é curioso porque é um dos temas (polémicos!) que eu quero abordar, mas ainda aindo a pensar na forma como vou fazê-lo...
O Carlos, no Pensar de Alto, tem um post engraçado sobre este tema, chama-se "Extra", ou algo parecido.
Beijinhos
p.s. essas tuas colegas são um bocado cromas, não são? :-)

Felina disse...

São, Anani, se são...
São colegas de um curso de Técnicas de Apoio à Gestão, que eu tirei e que terminou na 1ª semana de Dezembro. Nem imaginas aquelas cabecinhas... mas na diferença é que está o equilíbrio...

Vou já ao PENSAR DE ALTO ler o post do Carlos e fico à espera do teu...

Beijinhos!

ZUKO disse...

As tuas amigas estão todas erradas!

Elas que pensem só na quantidade de mails de mulheres que os respectivos recebem por semana.

Pela teoria delas sempre que um homem abre um mail desses, deviam acabar com a relação!

Felina disse...

Exactamente ZUCO.

Homens e mulheres têm tendência a olhar para o lado e sentir a tentação. O prazer está em saber resitir. Ceder é fácil, resistir é ser fiel aos princípios que defendemos.

Vão ter muitos desgostos na vida, acredito. Ou então já os tiveram e pensam que podem controlar a pessoa com que dividem a vida.

Enfim...

Sabes uma coisa: eu percebi a dica da leitura de natal... mas os 2 livros ainda não chegaram... mas chegam, de certeza, esta semana!

Lindo!

ZUKO disse...

E então nós homems que somos bichos visuais. Nós temos de ver para possuir. É uma coisa que nos ficou de milénios de caçador.

É impossivel um homem não reparar numa mulher bonita!

Mas isso não quer dizer que por causa diso tenha deixado de gostar da SUA mulher ou que tenha de salta para a cueca da nova mulher.

È normal que os livros demorem um bocadinho mais a chegar. Agora nesta altura os correios ficam um bocado atolados em postais de natal :-)

Mas a espera vai valer a pena, acredita!

Anonimo X disse...

Como disse o Morpheus:
Tomas o comprimido azul: acordas na tua cama, e acreditas no que quiseres acreditar.
Tomas o comprimido vermelho: ficas no pais das maravilhas, e eu mostro-te o quão funda é a toca do coelho.

Moral da história: Ninguém é obrigado a acreditar na realidade, há que prefira viver de sonhos...

FZ disse...

O anónimo tirou-me as palavras da boca (olá anónimo!); para já, porque cita um dos filmes de que mais gosto (um daqueles que certos intelectuais de m**** tanto gostam de criticar; fuck'em).

Essa tuas ku...legas não são deste mundo...

>ao facto de o homem olhar para o lado, quando vê uma mulher bonita...
Eu sou dos que faço questão de olhar e não é de lado, especialmente se a mulher for, de facto (para os meus padrões!), bonita. E estando eu ao lado da minha mulher. E faço, também, questão de o comentar com ela. Ela faz o mesmo, se vê alguém que ache bonito (porque não?).

E olha que te fala daqui uma pessoa que já passou por uma situação (e por isso, sei do que falo e do valor que se tem ao ter alguém a quem se ama e que nos ama).

Olhar para uma mulher bonita?? Ora, isso só significa uma de 3 coisas:

1- Não se é cego(a).
2- É-se livre.
3- Tem-se bom gosto [o que quer que isso signifique].

Beijinho grande.

Felina disse...

Que dizer quando já se disse tudo?

Já agora, qual é o filme? Adorei a citação, mas não a consegui contextualizar...

FZ disse...

É o The Matrix, ora essa...

:)

Anónimo disse...

Here are some links that I believe will be interested